Sogrape

Um Natal tipicamente português

Um Natal tipicamente português

Considerado o mês mais mágico do ano, Dezembro traz-nos aquela que é, também, uma das épocas mais bonitas e apreciadas pelos portugueses desde o primeiro dia de janeiro, o Natal. E, depois de um ano bastante controverso, em que a data foi vivida com alguns receios, com famílias separadas, a esperança é que, este ano, se possa sentir e viver verdadeiramente o Natal…

Do presépio ao Pai Natal e das decorações à gastronomia são muitas as tradições que iluminam a noite de 24 para 25 de dezembro. E, atenção, porque...

Ver Mais

O rio que é “D’ouro”

O rio que é “D’ouro”

Com quase 900 quilómetros de extensão, o rio Douro, o segundo maior de Portugal e o terceiro maior da Península Ibérica, é considerado um dos mais bonitos do mundo. É na Serra de Urbión, no Norte de Espanha, a cerca de dois mil metros de altitude, que nasce este rio, que desagua, depois, no mar, junto às cidades do Porto e Vila Nova de Gaia, sendo um símbolo incontornável das duas cidades e da vida dos nortenhos.

Há quem o admire pela sua profundidade, outros pelas variadas paisagens envolventes e há até quem se...

Ver Mais

O tempo em que a “burca” se usava em Portugal

O tempo em que a “burca” se usava em Portugal

Côca, bioco ou capelo. São nomes que, atualmente, podem soar estranho à grande maioria dos cidadãos, mas que, em tempos, já fizeram parte da história portuguesa. É que, houve uma altura, no reinado de Filipe II, no ano de 1609, em que, à semelhança de outros países da Europa, foi implementada a utilização de uma espécie de burca em Portugal.

Volvidos mais de 400 anos, e depois de toda a situação reportada no Afeganistão, em que as mulheres foram privadas de tantos direitos, nomeadamente a possibilidade de...

Ver Mais

A origem da palavra “saudade”

A origem da palavra “saudade”

Está intrinsecamente ligada à língua portuguesa, aos portugueses e ao nosso país. Tanto que há quem assegure mesmo que não existe palavra mais portuguesa do que esta. Falamos, claro, de “saudade”, o vocábulo que tantas vezes pronunciamos e para o qual, dizem, não é possível uma tradução noutros idiomas…

De acordo com o primeiro significado apresentado pelo Dicionário da Língua Portuguesa, “saudade” é um “sentimento melancólico causado pela ausência ou pelo desaparecimento de pessoas ou coisas a que se...

Ver Mais

Já subiu aos pontos mais altos de Portugal?

Já subiu aos pontos mais altos de Portugal?

Numa altura em que milhares de cidadãos, portugueses e estrangeiros, continuam a (re)descobrir Portugal, nunca é demais relembrar todas as maravilhas que o nosso país tem. Entre uma história triunfante, uma gastronomia ímpar e gentes bastante calorosas, Portugal apresenta também uma panóplia de paisagens altamente deslumbrantes. Os melhores locais para as apreciar são, regra geral, os pontos mais altos, como as serras, onde o nosso país, tanto no continente como nas ilhas, se destaca visivelmente.

A maior parte deles...

Ver Mais

Os nomes dos lugares mais estranhos de Portugal

Os nomes dos lugares mais estranhos de Portugal

Desde 2020 que os portugueses têm aproveitado para conhecer um pouco mais Portugal, passando as suas férias “cá dentro”. E, de acordo com os vários estudos sobre o tema, a previsão é que, este ano, a tendência se mantenha.

Entre os vários planeamentos, de passagem por alguns locais ou mesmo em conversa com outros amigos e/ou familiares, têm-se surpreendido com designações bastante peculiares. Alguns causam estranheza, outros parecem ser indizíveis e existem ainda os que provocam um riso tremendo… No entanto,...

Ver Mais

Portugal tem uma das melhores estradas do mundo para conduzir

Portugal tem uma das melhores estradas do mundo para conduzir

Se ainda não viajou pela Estrada Nacional 222 (EN222), em concreto pelo troço que liga o Peso da Régua à belíssima vila do Pinhão, e ainda por cima gosta de curvas, saiba que deve fazê-lo o quanto antes. É que esta é uma das melhores estradas do mundo para conduzir, além de proporcionar uma vista arrebatadora sobre o Douro, na companhia de um cenário de socalcos verdadeiramente inspirador, durante todo o percurso…

No total são 27 quilómetros de extensão e 93 curvas que se destacaram entre tantas outras...

Ver Mais

Como “desgastar” uma francesinha

Como “desgastar” uma francesinha

É um dos pratos mais emblemáticos do Norte, em especial da cidade do Porto. Não há quem passe pela cidade sem o provar e são raras as pessoas que não ficam encantadas com a verdadeira explosão de sabores que proporciona. Multiplicam-se os restaurantes que o confecionam com a excelência exigida, sobretudo no que ao molho diz respeito. Falamos, claro, da francesinha!!! A mítica, a inigualável, e a tão desejada Francesinha do Porto…

Há quem faça centenas de quilómetros só para degustar esta afamada iguaria ou mesmo...

Ver Mais

Viva! no Instagram. Siga-nos.