Recheio 2023

Portugueses deixam de festejar aniversário

Portugueses deixam de festejar aniversário

O número de portugueses que tem festejado o seu aniversário desde o último ano tem descido exponencialmente, com quase metade da população (47%) a afirmar que deixou de festejar o seu aniversário, desde a entrada da pandemia no país.

A conclusão é de um estudo realizado pela Fixando, a um total de seis mil utilizadores, que indica que as razões se prendem, essencialmente, com os riscos inerentes ao convívio social.

Dos inquiridos que participaram em festas de aniversário, a plataforma indica que a larga...

Ver Mais

Portugueses sem dinheiro para férias de verão

Portugueses sem dinheiro para férias de verão

Num inquérito elaborado pela plataforma Fixando, 34% das 23 280 mil pessoas que participaram mostram-se preocupadas por não terem rendimentos disponíveis para as férias de verão.

Em números mais alarmantes, 59% das pessoas inquiridas revelam uma preocupação com as finanças pessoais.

“Verificamos que 49% respondeu que se sentem mesmo muito stressados e ansiosos com o momento atual, pois há muitas incertezas dos portugueses relativas ao Verão de 2021, às férias e claro, a preocupação com as suas finanças...

Ver Mais

Portugueses ganham menos do que há 10 anos

Portugueses ganham menos do que há 10 anos

Os portugueses estão a ganhar menos do que há 10 anos. A garantia é dada pela Fixando, depois de um inquérito realizado a 16.280 utilizadores da plataforma, entre os dias 21 e 26 de abril. 

De acordo com os dados divulgados, 53% dos inquiridos revelam que ganhavam mais em 2011, ano em que auferiam, em média, mais 115 euros mensais. 

Mesmo aqueles que recebem mais do que o salário mínimo atual de 665 euros, “encontram dificuldade em gerir as finanças”. Além disso, 69% da amostra considera ainda...

Ver Mais

Estudo revela que portugueses engordaram, em média, 5kg no último ano

Estudo revela que portugueses engordaram, em média, 5kg no último ano

Desde o início da pandemia, os portugueses engordaram, em média, 5kg. A conclusão é de um estudo da Fixando, que revela que o aumento se deve a uma “alteração nos hábitos alimentares”. 

De acordo com o inquérito, realizado junto de 6.400 utilizadores da plataforma, 45% considera que a pandemia é a “grande causadora do aumento de peso” e que apenas 17% emagreceu, tendo perdido, em média, 6kg. 

“Prova disso são os registos na procura por nutricionistas que, segundo a maior plataforma...

Ver Mais

Adoção de animais cresce com a pandemia

Adoção de animais cresce com a pandemia

A pandemia fez crescer a adoção de animais em Portugal. A conclusão é de um estudo da Fixando, que revela que 32% dos portugueses adotaram um animal desde que surgiu o novo coronavírus. 

De acordo com o inquérito, realizado junto de 14.600 utilizadores da plataforma, a maioria dos inquiridos (57%) revela que a pandemia teve um impacto positivo no comportamento dos seus animais. Uma parte igualmente significativa de inquiridos, 52%, admitiu ser imprescindível o treino comportamental de animais e 35% revelou que já...

Ver Mais

Maioria dos proprietários portugueses não limpa terrenos nem tem dinheiro para o fazer

Maioria dos proprietários portugueses não limpa terrenos nem tem dinheiro para o fazer

Um estudo da plataforma Fixando junto dos proprietários portugueses a propósito da limpeza dos terrenos revelou que a maior parte (44%) ainda não efetuou qualquer limpeza. 

Dos 1780 inquiridos, 31% afirmou não ter dinheiro para o fazer, 21% salientou não conhecer quem o faça e 19% não ter disponibilidade para realizar a ação. Além disso, houve ainda uma percentagem de portugueses (17%) que destacou que a meteorologia não tem sido favorável para efetuar a respetiva limpeza.  

O inquérito, realizado...

Ver Mais

Estudo revela que pandemia teve um “impacto devastador” nas relações. Aconselhamento matrimonial aumentou 286%.

Estudo revela que pandemia teve um “impacto devastador” nas relações. Aconselhamento matrimonial aumentou 286%.

O confinamento colocou a maior parte dos casais portugueses juntos 24 sob 24 horas. Uma medida que, aliada à obrigatoriedade do teletrabalho e ao ensino à distância, para os casais com filhos ou crianças a seu cargo, fez disparar a procura de “aconselhamento matrimonial”.

A conclusão é de um estudo da Fixando, que revela que a procura por este serviço aumentou 286% face a 2019.

A pesquisa, que contou com a participação de 8.300 pessoas, mostrou ainda que, no último ano, 26% dos inquiridos ponderaram o...

Ver Mais

Confinamento leva portugueses a aderir a cursos online

Confinamento leva portugueses a aderir a cursos online

A pandemia de covid-19 e o consequente confinamento que dela adveio trouxe um novo passatempo aos portugueses: os cursos online, releva o novo estudo da Fixando. 

Dos inquiridos pela plataforma, 28% revelou já ter realizado formações online, sendo que, destes, 79% “submeteu-se especificamente a esta fórmula de ensino, em que tiveram maior vontade de se especializar ou desempenhar uma nova função devido ao tempo livre proporcionado pela quarentena”. 

Segundo os dados divulgados, 74% dos...

Ver Mais

Pandemia “baralha” férias dos portugueses para 2021, diz estudo

Pandemia “baralha” férias dos portugueses para 2021, diz estudo

O novo ano trouxe alguma esperança aos portugueses, mas nem por isso os deixou tranquilos o suficiente para saber o que esperar de 2021. Uma sensação que se verifica em diversas situações, nomeadamente no que diz respeito às férias, onde grande parte dos portugueses admite estar “baralhado” e muito “indeciso” quanto ao gozo das mesmas, de acordo com um estudo da Fixando. 

61% transitou em média 7 dias de 2020 para este ano”, revelou a plataforma, indicando que, ainda que 38% dos portugueses...

Ver Mais

Estudo revela como é que os portugueses encaram o final deste ano e o início do próximo

Estudo revela como é que os portugueses encaram o final deste ano e o início do próximo

As restrições do Governo vão reter 70% dos portugueses em casa no final do ano, sendo que 15% estará a trabalhar, 4% irá a uma festa privada e outros tantos ficarão em casa com amigos e familiares, 3% dos portugueses está sem plano e 1% vai a um hotel.

Esta é a conclusão de um inquérito da Fixando, que revela que 60% dos portugueses considera que 2021 será um ano positivo a nível económico e financeiro, enquanto 68% defende que será muito positivo a nível social e familiar.

No que respeita a objetivos, a...

Ver Mais

Portugueses querem mais economia circular e menos desperdício

Portugueses querem mais economia circular e menos desperdício

A maioria dos portugueses (87%) quer ver a economia circular mais ativa no país, considerando fundamental aumentar as práticas de consumo sustentável, revela um estudo da Fixando sobre “Sustentabilidade e Consumo Responsável”. 

Os dados mostram que, em média, os inquiridos gastam 142 euros por ano em bens usados e que as razões da procura se prendem, essencialmente, com o preço (83%), a sustentabilidade (37%), a economia circular (36%) e o contributo para a economia local/pequenos negócios...

Ver Mais

52% dos portugueses adiaram os seus projetos devido à pandemia

52% dos portugueses adiaram os seus projetos devido à pandemia

Um em cada dois portugueses adiou os seus projetos devido à pandemia, projetos estes avaliados, em média, na ordem dos 986€, segundo apurou a mais recente análise da Fixando.  

Em comunicado, a plataforma online indica que o adiamento destes planos reflete “consequências devastadoras” para os profissionais do setor dos serviços, com 48% dos prestadores a alegar que a quebra nos rendimentos é a maior dificuldade que estão a enfrentar. 

Segundo o inquérito, realizado no mês de outubro, a cerca de mil...

Ver Mais

Estudo: 64% dos portugueses a favor da obrigatoriedade da vacina contra Covid-19

Estudo: 64% dos portugueses a favor da obrigatoriedade da vacina contra Covid-19

A Fixando revelou esta segunda-feira que, em cada 1.000 pessoas, 640 consideram que a vacina contra Covid-19 deverá ser obrigatória.

De acordo com os dados divulgados pela plataforma, 95% dos participantes no inquérito defende que a vacina terá que ser gratuita, promovendo a vacinação de todos os profissionais de saúde, trabalhadores de empresas, crianças e idosos.

Dos 1000 inquiridos, 720 estaria imediatamente acessível para ser vacinado, caso esta já estivesse disponível, e 770 considerariam vacinar os seus...

Ver Mais