Sogrape

Primeira vacina contra a covid-19 foi administrada no Hospital de São João

Primeira vacina contra a covid-19 foi administrada no Hospital de São João

Na manhã deste domingo, 27 de dezembro, a cidade do Porto foi palco de um momento histórico, com a administração da primeira vacina contra a covid-19, no Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ).

“Estou tranquilo”, afirmou, depois de ter recebido a primeira dose da vacina, António Sarmento, diretor do Serviço de Infecciologia do Hospital de São João, a primeira pessoa, em Portugal, a ser vacinada contra a covid-19.

O momento aconteceu às 10h07, pelas mãos da enfermeira Ana Isabel Ribeiro, sob o olhar atento da Ministra da Saúde, Marta Temido.

“O deixar-se vacinar tranquilamente é uma enorme ajuda à humanidade, pois se conseguirmos ultrapassar isto vamos evitar muitas mortes, quer pela doença quer pela pobreza e a fome”, destacou o profissional, com 65 anos de idade e 40 de profissão, defendendo que a vacina “é um ato de altruísmo”.

“A humanidade fez um esforço nunca visto, quer económico quer científico em torno desta vacina. Quebraram-se barreiras, foram partilhados conhecimentos, revistas que antes eram de assinatura puseram-nos de acesso livre. Isto tem que nos fazer pensar que temos de ter confiança. Realmente, o risco não é zero, mas na vida isso não existe e isto dá-nos confiança”, reforçou o infeciologista.

António Sarmento salientou que os efeitos secundários da vacina “são semelhantes às outras”, alertando que os efeitos graves podem aparecer tal como com outros medicamentos como “uma aspirina”.

“É um sinal de confiança e uma atitude pragmática” em prol da saúde de todos, disse ainda a propósito da população vacinar-se.

Cerca de uma hora depois de ter arrancado a vacinação contra a covid-19 no Hospital de São João, o processo estendeu-se aos profissionais de saúde do Hospital de Santo António e dos centros hospitalares universitários de Coimbra, Lisboa Norte e Lisboa Central, os cinco primeiros a receberem as primeiras doses da vacina da Pfizer/BioNTech, 9.750, que chegaram a Portugal no sábado depois do dia de Natal.

Ao todo, foram vacinados mais de 4500 profissionais de saúde, este domingo, em todo o país.

Esta segunda-feira, Portugal recebe mais 70.200 doses da vacina contra a covid-19, das quais 9.750 serão enviadas para cada arquipélago.

Recorde-se que o processo de vacinação vai decorrer em três fases, sendo os profissionais de saúde os primeiros a ser vacinados. O objetivo passa, depois, por vacinar os cidadãos residentes em lares ou internados em cuidados continuados e os doentes crónicos com mais de 50 anos.

Na segunda fase, serão vacinados os cidadãos com mais de 65 anos sem doenças e cidadãos entre 50 e 65 anos que tenham diabetes, cancro, insuficiência hepática e renal, obesidade e hipertensão e na terceira os restantes grupos.

Foto: Rui Oliveira

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca-takeaway/encomendas/comida-fresca-encomendas-de-natal/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=natal&utm_campaign=takeawaynatal