CMPorto

Porto: Projeto de compra de obras a artistas regressa em abril

Porto: Projeto de compra de obras a artistas regressa em abril

O projeto “Aquisições” vai contar, em 2021, com 50 mil euros para compra direta a artistas e coletivos da cidade do Porto. A submissão de sugestões de aquisição decorre de 1 a 15 de abril.

Além de um maior orçamento – “um aumento de 15 mil euros em relação a 2020” -, a  compra direta de obras a artistas e coletivos artísticos apresenta, em 2021, uma outra novidade: “deixa de haver limite máximo para o valor das obras sugeridas. Cada proponente poderá submeter uma ou duas propostas”, indica o Departamento de Arte Contemporânea da empresa municipal Ágora, coordenadora do projeto através da plataforma Pláka.

Depois de submetidas as propostas, o atual comité de seleção – composto por Eduarda Neves, João Sousa Cardoso e Pedro de Llano – irá propor à Câmara do Porto a aquisição de obras (“no máximo uma por artista ou coletivo”) para integrar a Coleção Municipal de Arte. 

Lançado em 2018 com o objetivo de dinamizar a Coleção Municipal de Arte e valorizar o património artístico do Porto, o projeto “Aquisições” vai contar ainda, este ano, com 100 mil euros para a aquisição de obras de arte a galerias da cidade.

Refira-se que, através deste projeto, o município do Porto adquiriu, até à data, 65 novas obras de arte, 21 das quais através da modalidade de compra direta a artistas.

O guia para submissão de propostas pode ser consultado na página da plataforma Pláka.

Na foto: Praça das comunidades, n.2 (2017) – Nelson Miranda

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca-takeaway/encomendas/comida-fresca-encomendas-de-natal/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=natal&utm_campaign=takeawaynatal