Santander One APP

Museu da Memória de Matosinhos com entrada gratuita

Museu da Memória de Matosinhos com entrada gratuita

O Museu da Memória de Matosinhos, instalado no Palacete Visconde de Trevões, e inaugurado há cerca de três meses, oferece entrada gratuita aos seus visitantes até ao final do mês de dezembro.

Por este edifício emblemático, que pretende ser “o ponto de encontro entre o passado e o presente de Matosinhos”, já passaram milhares de visitantes, incluindo, recentemente, o jornalista e escritor portuense Germano Silva, acompanhado pelo vereador da Cultura da Câmara Municipal, Fernando Rocha.

Ao longo dos dois pisos do equipamento é possível saber mais sobre aquele que é um dos concelhos mais importantes da região Norte e do país. No primeiro piso, por exemplo, o público tem a oportunidade de visitar a exposição permanente, assente “nas memórias e valências do próprio edifício e do seu primeiro proprietário, Emídio Ló Ferreira”, destaca a autarquia.

Além disso, podem também contemplar a exposição temporária “Fontão: 4.000 anos de História”, dedicada às mais recentes descobertas encontradas em Lavra ao longo deste ano, e manusear equipamentos digitais capazes de os levar a viajar por diferentes “espaços com recurso a óculos de realidade virtual”, como a experiência numa fábrica de conservas, a boleia de um rebocador no Porto de Leixões e visitar a Casa de Chá da Boa Nova.

Por sua vez, o segundo piso do Museu da Memória de Matosinhos é dedicado ao “território e à pesca”, sendo possível viver uma experiência de “videomapping”, que mostra a “evolução de Matosinhos desde a pré-história até aos nossos dias”.

“Ainda no mesmo piso, encontramos referências às memórias históricas, cronológicas e arqueológicas do concelho de Matosinhos. A mostra apresenta artefactos arqueológicos, desde as primeiras comunidades humanas do Paleolítico Inferior (800 a 200.000 AC) ao século XVI, visitas 360º ao Mosteiro de Leça do Balio, Convento da Conceição de Leça e Igreja do Senhor de Matosinhos, e a chave do cofre com o discurso da rainha D. Maria II, proferido no lançamento da primeira pedra do Obelisco da Memória.

A história do Rio Leça e do seu estuário, o período da Romanização do Castro de Guifões, a construção do Porto de Leixões são outros dos momentos abordados pelo museu”, lê-se na nota divulgada.

Os visitantes podem visitar o equipamento, gratuitamente, até ao final do mês de dezembro, nomeadamente através de visitas guiadas, que se realizam de terça a sexta-feira, entre as 11h00 e as 16h00. Os interessados devem inscrever-se através do e-mail mumma@cm-matosinhos.pt.

PUB
track.adform.net/C/?bn=51188139

Viva! no Instagram. Siga-nos.