PUB
PD-Bairro Feliz

Inquérito VIVA!: maioria dos leitores quer “normas mais restritivas” de combate à pandemia

Inquérito VIVA!: maioria dos leitores quer “normas mais restritivas” de combate à pandemia

Mais de dois anos depois desde o aparecimento do primeiro caso de covid-19 em Portugal, os casos continuam a multiplicar-se e os números a aumentarem. Em contrapartida, o número de mortes tem reduzido, o que leva o Governo a considerar que a “pandemia da doença COVID-19 tem-se mantido relativamente estável”.

Contudo, um inquérito promovido pela VIVA! verificou que a maioria dos leitores considera que o “o Governo devia regressar às normas mais restritivas de combate à pandemia”, que obrigavam, entre outras medidas, por exemplo ao uso de máscara no interior dos espaços fechados.

A premissa é partilhada por 51,2 por cento dos inquiridos, que se mostram, assim, preocupados com o aumento significativo de infeções diárias por covid-19. Por sua vez, 48,7 por cento dos leitores considera não ser necessário a adoção de novas medidas restritivas.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Uma percentagem ínfima de leitores (0,1 por cento) diz “não ter opinião” sobre o assunto em causa.

Recorde-se que Portugal continental vai continuar em situação de alerta até ao dia 30 de junho devido à pandemia de covid-19, de acordo com a Resolução do Conselho de Ministros publicada em Diário da República.

“É renovada a declaração de situação de alerta em todo o território nacional continental até às 23:59 h do dia 30 de junho de 2022, mantendo-se em vigor todas as regras fixadas pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 41-A/2022, de 21 de abril, na sua redação atual”, indica a nota publicada a 30 de maio.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz