PUB
PD- Revista Sabe bem

Cine-Teatro Vale Formoso classificado como interesse municipal

Cine-Teatro Vale Formoso classificado como interesse municipal

A Câmara Municipal do Porto acaba de anunciar que o Cine-Teatro Vale Formoso e Grupo de Moradias, em Paranhos, foram classificados como conjuntos de interesse municipal assim como o Conjunto no Ouro, em Lordelo do Ouro e Massarelos.

A classificação em causa, cuja intenção foi aprovada pela autarquia em agosto do ano passado, deve-se ao “valor cultural de significado relevante”, tendo os editais sido publicados em Diário da República.

Na mesma nota, o município refere que a classificação do Cine-Teatro Vale Formoso e do grupo de moradias adjacente representa “um valor cultural de significado relevante, uma vez que se configura através da sua escala, da sua linguagem moderna e conteúdos programáticos, como um dos equipamentos urbanos de proximidade de maior notabilidade social, enquanto exemplar do cinema de bairro promovido na época do Estado Novo”.

“A presente aprovação de classificação tem plena justificação fundamentada na sua autenticidade e exemplaridade, de artefacto arquitetónico de época que mantém a sua matriz projetual, e pela memória coletiva que transporta nas suas volumetrias”, realça ainda.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Por sua vez, no que respeita à classificação do Conjunto no Ouro, o documento destaca que o conjunto de imóveis tem origem “na época romana ou pré-romana e notório crescimento nos inícios da época moderna”, refletindo a “genuinidade da sua paisagem construída, alicerçada na modéstia construtiva das gentes anónimas que a habitaram e na imaterialidade temporal das suas crenças e usos”.

Além disso, a Câmara Municipal do Porto anunciou também a intenção, aprovada na reunião da última terça-feira, de classificar o Grande Hotel do Porto, situado em pleno Centro Histórico, como Monumento de Interesse Municipal, pelo seu “valor cultural de significado relevante, uma vez que configura, através da sua arquitetura, decorações e ambientes, como equipamentos históricos integrantes da urbanidade portuense”.

Os elementos do processo estão disponíveis para consulta, pelo prazo de 30 dias, online, na página do município, ou presencialmente, no Gabinete do Munícipe.

Fotografia: Filipa Brito | Porto.

PUBLICIDADE
PUB
PD-Bairro Feliz