PUB
Recheio 2024 Institucional

Câmara do Porto propõe “retoma faseada” do estacionamento pago

Câmara do Porto propõe “retoma faseada” do estacionamento pago

Com o plano de desconfinamento do Governo em marcha, previsto avançar para a segunda fase já na próxima segunda-feira, 5 de abril, a Câmara Municipal do Porto propõe uma retoma “em duas fases” do estacionamento pago. 

A proposta será discutida na reunião do executivo municipal da próxima segunda-feira, e prevê que o pagamento da taxa de estacionamento nos parcómetros seja obrigatório de segunda a sexta-feira, a partir de 6 de abril e até 2 de maio. 

Já a partir do dia 3 de maio, o pagamento da taxa de estacionamento à superfície deve aplicar-se de segunda-feira a sábado, nos horários estabelecidos. 

De acordo com a proposta, a “retoma faseada de vários setores de atividade e a diminuição de restrições à circulação” terá “um efeito direto na mobilidade e, consequentemente, no estacionamento”. 

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O documento, assinado pela vereadora com os Pelouros dos Transportes, Fiscalização e Proteção Civil, Cristina Pimentel, propõe também que a partir do próximo dia 6 de abril, terça-feira, seja feita a “retoma integral da execução do contrato de concessão para a gestão, exploração, manutenção e fiscalização de lugares de estacionamento pagos na via pública.  

“A gestão do estacionamento constitui um fator fundamental para o ordenamento da via pública, assim como para a sustentabilidade das atividades económicas, nomeadamente do comércio de rua”, sublinhou a responsável. 

Recorde-se que o município do Porto suspendeu o pagamento de parquímetros em toda a cidade a 25 de janeiro.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz