PUB
Recheio 2024 Institucional

5 ideias para aproveitar o sol de inverno no Porto

5 ideias para aproveitar o sol de inverno no Porto

A chuva vai dar tréguas por um tempo e, assim sendo, nada melhor do que sair de casa e aproveitar o sol de inverno que ilumina a cidade do Porto. Neste artigo, a VIVA! reuniu cinco sugestões de atividades ao ar livre para poder desfrutar dos próximos dias ao máximo.

Caminhada pela Foz

Dê uma caminhada do Passeio Alegre ao Castelo do Queijo. Além de fazer exercício físico, que contribui para uma boa saúde física e mental, pode desfrutar da paisagem costeira e da beleza das casas pitorescas da Foz.
Se pelo caminho lhe der a fome (ou a sede), faça uma paragem para petiscar ou beber um copo numa das esplanadas com vista privilegiada para o Rio Douro.

Piquenique nos parques do Porto

A Invicta está repleta de locais ótimos para fazer piqueniques. Dos Jardins do Palácio de Cristal, que oferecem recantos românticos, aos amplos parques da Cidade e Serralves, não falta oferta para passar uma tarde de qualidade. Leve uma manta, queijos, vinhos, compotas artesanais ou outras iguarias, e desfrute de um momento relaxante na natureza.
O Jardim do Morro, em Gaia, é também uma sugestão onde pode aproveitar para brindar a ver o pôr-do-sol, numa paisagem deslumbrante sobre a Ribeira.

Passeio de bicicleta

Pegue na bicicleta que está encostada na garagem desde o verão e comece a pedalar. De acordo com a informação presente no website da autarquia, a rede ciclável do Porto tem, atualmente, cerca de 33,5 km de extensão, pelo que não faltam locais seguros para andar de bicicleta.
A ciclovia da Foz é uma das mais procuradas pois oferece cerca de 5km junto à marginal, repletos de beleza natural. Se preferir o cheiro a mar ao do rio, o pavimento reto da marginal de Matosinhos é uma boa opção. Mas se o ambiente urbano for mais a sua “praia”, a Ciclovia do Pólo Universitário, que liga a zona da Asprela ao Campo Alegre, ou a ciclovia existente ao longo da Avenida da Boavista, são as melhores escolhas para admirar a arquitetura portuense e a azáfama da cidade.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Explorar a arte urbana

Os murais de arte urbana da Invicta deixam qualquer um impressionado. Miragaia conta com duas “telas”: uma da autoria do renomado Vhils, artista português com obras espalhadas pelo mundo, na fachada do Look At Porto, que oferece uma experiência 5D de cinema; e a outra no Largo de Artur Arcos, de Daniel Eime, sendo esta última um retrato da população envelhecida na zona da Ribeira. No lado de Gaia, na Rua Guilherme Gomes Fernandes (próximo ao Cais), a obra de Bordalo II “Half Rabbit”, um coelho de grandes dimensões criado com lixo recolhido das ruas, já é bem conhecida nas redes sociais.
Mais recentemente, vários artistas deram origem a um novo mural, na Rua da Restauração, onde, entre outras intervenções, há uma sopa de letras gigante com expressões tripeiras onde pode ver-se palavras como “molete”, “aloquete”, “bida” – «assim mesmo, com ‘b’», numa verdadeira homenagem à cidade do Porto.

Foto: Rui Meireles e Andreia Merca / Ágora

Observação de aves

O inverno tem características únicas que não podem ser aproveitadas noutra altura do ano, exemplo disso é o fluxo de diferentes aves migratórias que chega ao Porto. Estas podem ser vistas em diversos locais junto ao Rio Douro, como o Jardim do Cálem e a Reserva Natural Local do Estuário do Douro, ou, ainda, no Parque Biológico de Gaia.
Pegue nos binóculos e na máquina fotográfica e aproveite esta exposição ao ar livre, digna de um episódio da BBC Vida Selvagem.

Como pode ver, mesmo nos dias mais frios, a cidade do Porto mantém a sua magia. Goste mais da natureza ou do ambiente urbano, há opções para todos os gostos, pelo que só falta mesmo escolher a que mais lhe agrada e aproveitar o sol de inverno na Invicta.

Foto de capa: Filipa Brito

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile