Sogrape

Zara Portugal acusada de “intimidar” trabalhadores

Zara Portugal acusada de “intimidar” trabalhadores

O CESP defende ainda que a empresa estará a “preparar a estratégia de, quando sair a nova legislação, poder despedir mais barato os trabalhadores mais antigos e, assim, mandar para o desemprego mais umas largas dezenas de trabalhadores”. O sindicato aguarda, agora, a reação do ministro da Economia e do Emprego e da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT).

PUB
bit.ly/2YNY4PG