Revista Sabe Bem PD - julho/agosto

Volume do cérebro interfere nos níveis de stress

Volume do cérebro interfere nos níveis de stress

Um estudo realizado pela Escola de Medicina da Universidade do Minho indica que existe uma correlação positiva entre o volume da amígdala e a perceção do stress.

Quanto maior esta perceção do stress maior é o volume de algumas partes do cérebro.

O estudo revela que existe uma correlação com o volume de algumas áreas do cérebro que estão ligadas ao stress e à resposta ao mesmo, como é o exemplo da amígdala.

A amígdala, sendo o centro das emoções, como o medo e a ansiedade,é maior nas pessoas que têm a perceção de maior stress. O mesmo acontece no hipocampo anterior.

Os efeitos do stress no cérebro do ser humano, têm-se tornado cada vez mais um objeto de estudo pelas patologias inerentes.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=peixe&utm_campaign=sabordomes