PUB
Recheio 2024 Institucional

Vem aí o festival “Jardins Abertos” que se vai estrear no Porto

Vem aí o festival

A cidade do Porto vai receber pela primeira vez o festival Jardins Abertos, nos dias 29 e 30 de junho. A história da cidade é marcada pelos seus jardins, das ligações românticas ao rio Douro até projetos modernos dos novos parques e espaços verdes.

Cada jardim é um lugar de memória e visão para o futuro, refletindo um compromisso com a criação de um mundo melhor através da partilha de ideias, exploração de novos caminhos e procura por soluções sustentáveis.

O festival Jardins Abertos começou como uma resposta à necessidade de uma forte ligação com a natureza dentro do ambiente urbano, incorporando sustentabilidade. O projeto rapidamente ganhou apoio coletivo e, como uma semente bem plantada, cresceu, abrindo os portões de muitos dos mais bonitos jardins da cidade.

Estes espaços não só exibem as suas espécies como também contam as histórias daqueles que cuidam deles, permitindo que todos participem na vida verde da cidade.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Nesta edição inicial, vão ser abertos ao público locais especiais como o Jardim Botânico da Universidade do Porto, o Jardim da Casa Tait e o Jardim da Casa Allen. Jardins mais secretos como o Jardim Massarelos House e a Casa Camélia também poderão ser explorados.

Entre os projetos inovadores está a Horta Porto Business School, a maior horta comunitária instalada num terraço em Portugal, oferecendo uma visão de um futuro mais verde.

Para marcar a abertura dos jardins do Porto, o festival vai organizar uma atividade de jardinagem coletiva no Jardim Botânico, convidando todos a participar e a colocarem as mãos na terra. Além das visitas guiadas aos jardins, esta atividade pretende envolver a comunidade num esforço conjunto para valorizar e cuidar dos espaços verdes.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz