PUB
Recheio 2024 Profissional

Vai nascer uma Casa do Vinho Verde no Porto

Vai nascer uma Casa do Vinho Verde no Porto

A Região dos Vinhos Verdes vai criar um projeto de enoturismo no Porto. Será o KM Zero da Rota dos Vinhos Verdes. Com vista para o Douro, o espaço será um novo ponto de interesse para os turistas que visitam a cidade.

A sede da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) vai passar a oferecer um novo palco de visita a quem está na cidade, revela o Expresso. Será o KM Zero da Rota dos Vinhos Verdes, um projeto que será “um bom complemento à oferta das caves do Vinho do Porto”, anunciou Manuel Pinheiro, presidente da CVRVV.

De referir que, quase em frente, do outro lado do rio, em Gaia, as caves do Vinho do Porto recebem mais de um milhão de turistas por ano.

“E o Porto passará, assim, a ser uma grande capital de dois vinhos”, considera Manuel Pinheiro, citado pelo jornal.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Na gala anual do concurso “Os Melhores Verdes”, o responsável disse ainda que a obra vai avançar, para abrir as portas ao público até 2020.

Assim, a CVRVV vai mudar a sua sede, na rua da Restauração, no Porto, para o edifício contíguo. O novo projeto será instalado no centenário Palácio Silva Monteiro, de 1851. Ali os turistas poderão fazer provas de Vinho Verde sem hora marcada, visitar um museu interativo, de aromas e sabores, e passear pelos jardins da Casa do Vinho Verde.

Com esta nova oferta turística, Manuel Pinheiro acredita que o Vinho Verde poderá ganhar espaço para atrair mais turistas até à Região.

As atividades desta oferta que reforça a ligação entre o Porto e a Rota do Vinho Verde pode ainda incluir uma festa de vindimas.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile