PUB
Recheio 2024 Institucional

Utentes surdos da Feira vão ter tablet com tradução em vídeo

Utentes surdos da Feira vão ter tablet com tradução em vídeo

A partir desta quarta-feira, o Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga vai disponibilizar a todos os utentes surdos um dispositivo com um sistema de vídeo, que traduzirá, em tempo real, os diálogos para linguagem gestual.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O projeto-piloto – que será desenvolvido, ao longo de quatro meses , nos hospitais de Santa Maria da Feira e de Oliveira de Azeméis – visa garantir total autonomia à comunidade afetada por surdez absoluta ou parcial. O dispositivo poderá ser usado tanto por utentes como por cidadãos que, querendo visitar familiares internados, tenham essas limitações auditivas. “O serviço serve toda a unidade hospitalar, seja na Urgência ou na Consulta Externa”, declarou Carlos Carvalho, diretor do serviço de Otorrinolaringologia do Centro Hospitalar. “É uma questão de responsabilidade social e cumprimos a nossa obrigação ao dar liberdade de acesso a todos os doentes”, acrescentou Rita Moutinho, do conselho de administração da mesma entidade. Na prática, qualquer cidadão identificado com surdez à entrada dos hospitais da Feira e de Azeméis terá acesso a um tablet equipado com o Serviin, Serviço de Vídeo-Intérprete, que transportará consigo ao longo de toda a estadia no hospital, como acessório para todas as conversas.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem