PUB
Philips S9000

U.Porto quer colocar online textos de pensadores portugueses

U.Porto quer colocar online textos de pensadores portugueses
A candidatura do projeto do Instituto de Filosofia da Universidade do Porto – que visa a criação, em 36 meses, de um ‘website’ com textos em inglês e português de pensadores portugueses – já foi entregue à Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Trata-se de um “importantíssimo projeto que apresentámos à FCT para a criação de um ‘website’, onde serão selecionados os textos mais significativos de pensadores portugueses desde o século XIX ao século XX”, declarou Celeste Natário, uma das coordenadoras, avançando ainda que o projeto envolve um apoio de “100 mil euros”.
O projeto, denominado “Antolusophia: Filósofos portugueses: Antologias de Textos – edição bilingue”, “assenta na divulgação em língua inglesa de textos basilares do pensamento português contemporâneo e, por isso, a equipa de investigação terá especial cuidado com a contratação da equipa de tradução”, nota Celeste Natário.
“Se [o projeto] for aprovado, constituirá algo inteiramente novo e importante (…) para o conhecimento de nossos autores, não só no mundo de língua portuguesa mas também em inglês”, salientou a coordenadora, acrescentando que o “público potencial será duplo”.
Silvestre Pinheiro, Amorim Viana, Antero de Quental, Teófilo Braga e Sampaio Bruno foram os pensadores selecionados do século XIX.
Da primeira metade do século XX escolheram-se os pensadores Leonardo Coimbra, Teixeira de Pascoaes, Fernando Pessoa, Raul Proença e António Sérgio. Da segunda metade do século XX, foram selecionados os pensadores Delfim Santos, José Marinho, Agostinho da Silva, Vergílio Ferreira e Fernando Gil.
O projeto pretende disponibilizar, gratuitamente, cerca de quatro volumes, com cerca de 300 páginas, sendo que o leque dos pensadores selecionados para cada bloco poderá ser alargado.
“Cada capítulo iniciar-se-á com uma breve apresentação do autor, bem como com uma justificação dos textos selecionados”, lê-se na sinopse da candidatura.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile