PUB
Recheio 2024 Institucional

U.Porto distingue Jorge Sampaio com doutoramento Honoris Causa

U.Porto distingue Jorge Sampaio com doutoramento Honoris Causa

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
A atribuição do título visa distinguir “o contributo social do antigo Presidente da República no exercício de cargos públicos, o exemplo cívico do seu percurso de vida e a dimensão internacional que o seu trabalho alcançou”.

“Jorge Sampaio será a 99.ª personalidade a ser distinguida com o doutoramento Honoris Causa da Universidade do Porto (U.Porto), sendo o primeiro atribuído por proposta do reitor Sebastião Feyo de Azevedo”, diz a instituição em comunicado.
A cerimónia terá lugar na terça-feira de manhã, no Salão Nobre da U.Porto, e contará com a participação do investigador Alexandre Quintanilha, como padrinho do doutorando, e de José Madureira Pinto, como elogiador de Jorge Sampaio.
De acordo com a U.Porto, a atribuição do título de doutor Honoris Causa a Jorge Sampaio visa distinguir “o contributo social do antigo Presidente da República no exercício de cargos públicos, o exemplo cívico do seu percurso de vida e a dimensão internacional que o seu trabalho alcançou”, referindo, como exemplo, a criação da Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência a Estudantes Sírios.
Presidente da Câmara Municipal de Lisboa  por dois mandatos consecutivos (1989-1995), o socialista foi também Presidente da República durante dois mandatos consecutivos, entre 1996 e 2006.
Recentemente foi Alto Representante da ONU para a Aliança das Civilizações (2007-2013) e Especial Enviado do secretário-geral da ONU para a Luta contra a Tuberculose (2006-12).
É membro do Conselho de Estado, enquanto antigo Presidente da República, e  presidente do Conselho Consultivo da Universidade de Lisboa desde 2007.
Doutor Honoris Causa pelas Universidades de Aveiro (2008), Coimbra (2010) e Lisboa (2010), Jorge Sampaio possui inúmeras condecorações nacionais e estrangeiras e recebeu vários galardões, como o Prémio Europeu Carlos V (2004), Prémio Norte-Sul do Conselho da Europa e Prémio Diálogo de Culturas (ambos em 2010).
Em 2013 lançou a Plataforma Global para os Estudantes Sírios para oferecer bolsas e assim evitar a perda de uma geração de licenciados no país.
Para a U.Porto, Sampaio “é um dos políticos mais importantes da democracia portuguesa, com um notável percurso de intervenção cívica, política e intelectual que teve início na oposição à ditadura e prosseguiu com o desempenho de relevantes cargos partidários e de soberania após o 25 de Abril de 1974”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile