Philips S9000

Único golfinho boto-branco registado na Península Ibérica visto na Foz do Rio Douro

Único golfinho boto-branco registado na Península Ibérica visto na Foz do Rio Douro

Esta não é a primeira vez que Gaspar, nome pelo qual foi batizado o primeiro golfinho boto-branco ibérico, visita as águas da foz do rio Douro. Em 2017, o animal já havia sido avistado por uma das investigadoras do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha (CIIMAR), que, desde então, o têm monitorizado.

“Um dia fui ver o pôr-do-sol na Foz e foi quando vi algo branco na água. Inicialmente achei que fosse um plástico, mas começou a aproximar-se. Cheguei até a pensar que fosse um tubarão e só depois percebi que afinal era um golfinho”, revelou Agatha Gil à Agência Lusa, como citado pelo O Sapo.

“O Gaspar tem um comportamento bastante peculiar, porque é o único que se aproxima menos de cinco metros da praia do Molhe, no Porto, e está sempre a brincar com peixe”, realçou, ainda, afirmando que este é maioritariamente branco e possui, apenas, algumas pintas pretas no dorso e um pequeno corte na barbatana dorsal.

Mafalda Correia, também investigadora do CIIMAR, adiantou que os pescadores da zona acreditam que o golfinho “deve ser uma fêmea”, uma vez que já o avistaram acompanhado por um filhote. Contudo, ainda não há certezas!

Importante referir que, apesar de existirem outras referências de animais leucísticos, o Gaspar é o primeiro animal ibérico com estas características a ser registado.

“Estamos sempre em contacto com os especialistas que trabalham com estes animais. Um dos especialistas é da Califórnia e quando viu as fotos do Gaspar disse-nos que é o animal leucístico mais bonito do mundo”, salientou Mafalda Correia.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem