Sabor do Mês setembro (peixaria) - PD

Turismo fluvial no Douro recupera em 2021

Turismo fluvial no Douro recupera em 2021

No ano passado, a Via Navegável do Douro (VND) recebeu um total de 279.151 passageiros, o que representa uma recuperação de 23,34% em relação a 2020, ano em que recebeu apenas 226.333 passageiros.

Os dados foram revelados esta segunda-feira pela Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) e revelam uma recuperação notória em relação a 2020, altura em que surgiu a pandemia de covid-19 e se verificaram quebras acentuadas em variadíssimos setores. No turismo fluvial no rio Douro, em concreto, a quebra foi na ordem dos 86%.

Os dados mostram que dos 279.151 passageiros que viajaram na via navegável, 160.897 (58%) dos quais fizeram-no em cruzeiros na mesma albufeira e noturnos, 74.438 em cruzeiros de um dia (27%), 33.307 em barcos-hotel (12%) e 10.151 (4%) em embarcações de recreio.

Os melhores meses terão sido agosto, setembro, julho e outubro, respetivamente, com 21,2%, 16,6%, 15% e 12,9% das operações.

Por sua vez, em 2020, ano em que as embarcações estiveram paradas entre março e junho/julho, transitaram no rio Douro 226.333 passageiros, o que representa menos 86,24% dos passageiros do que em 2019. No último ano pré-pandemia, viajaram no Douro 1.644.937 turistas.

PUB
 www.pingodoce.pt/responsabilidade/bairro-feliz/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=votacao&utm_campaign=bairrofeliz