RECHEIO 50 ANOS

“TURISMO” estreia ferida aberta de uma cidade anónima em crise

“TURISMO” estreia ferida aberta de uma cidade anónima em crise

“De tempos em tempos, uma polémica de despejo criminoso nos centros urbanos ocupa a agenda mediática portuguesa. A desenfreada especulação imobiliária que ora resulta da busca frenética de lazer dos visitantes estrangeiros, ora dos agentes promotores do «aburguesamento» da cidade, dá início a uma luta pela sobrevivência”, começa por descrever o comunicado enviado à VIVA!, anunciando “TURISMO”, a nova criação de Tiago Correia, da estrutura A Turma, que relata um processo de despejo criminoso.

O espetáculo estreia a 31 de janeiro, no Campo Alegre – Teatro Municipal do Porto, onde estará em cena também no dia 1 de fevereiro. Destinado a maiores de 14 anos, “TURISMO” sobe ao palco na sexta-feira às 21h00 e no sábado às 19h00.

“Uma cidade anónima, obcecada e ferida no coração pelo fenómeno turístico, vê-se sob uma crise de identidade. Este é o espaço físico e mental onde as histórias de vida de seis personagens de diferentes gerações se encadeiam, cruzam e desaguam. Durante três dias e três noites vertiginosas, problematizam-se questões como a identidade, a memória, a dignidade, o amor e a justiça”, resume a sinopse do espetáculo.

André Júlio Teixeira, Claudia Lázaro, Inês Curado, José Eduardo Silva, Paulo Lages e Romi Soares dão vida às personagens do enredo.

O preço dos bilhetes é de 7 euros.

Foto: Francisco Lobo

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=092022-carnepicadaangus&utm_campaign=sabordomes