Comida Fresca - Dia dos Namorados - PD

Tudo a postos para o réveillon. Moreira espera 40 mil pessoas no Queimódromo

Tudo a postos para o réveillon. Moreira espera 40 mil pessoas no Queimódromo

Já está tudo a postos para a noite de passagem de ano na cidade do Porto. Este ano as celebrações dividem-se entre o Queimódromo, com animação musical, e a Praça do República, com fogo de artificio. Os transportes públicos serão reforçados e as forças de segurança estarão na rua para garantir que tudo corre dentro da normalidade.

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, disse esta quinta-feira, na conferência de imprensa para apresentar o plano de mobilidade e segurança das celebrações, esperar que o Queimódromo receba perto de 40 mil pessoas.

Apesar de preocupado com a previsão de mau tempo para aquela noite, sobretudo de vento e chuva, confessou acreditar “que será um sucesso”. As previsões meteorológicas apontam para um abrandamento das condições (…). Isso já não depende de nós, depende do S. Pedro”, acrescentou, citado pela agência Lusa.

Recorde-se que o Queimódromo abre portas às 20h e terá zonas definidas de restauração. No recinto, os festejos arrancam pelas 22h30 com o concerto de Fernando Daniel. A contagem decrescente será integrada no espetáculo audiovisual «Luminous», que terá uma duração de 15 minutos. A festa prossegue, pelas 00h10, com a atuação de Diogo Piçarra e já a partir da 1h30, com Moullinex.

De acordo com o autarca, as pessoas com mobilidade reduzida terão “acesso especial” ao recinto e uma área reservada, sendo apenas necessário que se inscrevam previamente no “site” da Ágora.

Também presente na conferência de imprensa, o subintendente Ferreira da PSP do Porto afirmou que no recinto é proibida a entrada de vidros, recipientes com mais de meio litro, armas e artigos pirotécnicos.

A chegada de 2023 vai também ser celebrada na Praça da República, com o lançamento de um espetáculo de fogo de artifício que durará oito minutos. Nestes locais e noutras zonas da cidade, como na Movida do Porto, o policiamento será reforçado, estimando-se que ascenda às “largas centenas”.

Referir que os festejos de Ano Novo resultam de um investimento municipal de cerca de 400 mil euros, adiantou a vereadora com o pelouro da Saúde e Qualidade de Vida, Catarina Araújo.

Foto: Arquivo

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem