PUB
Junta da Galiza

Tribunal absolveu vereadora da CMP no caso das “faturas falsas”

Tribunal absolveu vereadora da CMP no caso das “faturas falsas”

De acordo com o comunicado divulgado pela autarquia portuense, a vereadora terá contado, “em devido tempo”, a “situação ao presidente da Câmara, explicando-lhe que nada podia ter a ver com este processo judicial, ao qual era totalmente alheia”, sendo que, “pela credibilidade da vereadora e o estado a que chegou a justiça em Portugal”, Rui Rio nunca terá tido “dúvidas em quem devia acreditar, mantendo inequívoca confiança na sua nova vereadora”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem