PUB
Recheio 2024 Institucional

Transferência do hospital para a Misericórdia nas preocupações de Joaquim Couto

Transferência do hospital para a Misericórdia nas preocupações de Joaquim Couto
“A câmara estará sempre ao lado da população e dos colaboradores do hospital, na defesa intransigente de um serviço de saúde público no concelho”, referiu o autarca.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O presidente da autarquia tirsense, Joaquim Couto, está preocupado com a transferência do hospital do concelho para a Misericórdia local, reconhecendo ter algumas “reservas” quanto à manutenção das valências.
Segundo defendeu o autarca, eleito pelo PS, o Governo “insiste em ignorar o poder local, ao não envolver a câmara numa questão tão importante para a qualidade de vida da população de Santo Tirso”. “A câmara estará sempre ao lado da população e dos colaboradores do hospital, na defesa intransigente de um serviço de saúde público no concelho”, pode ler-se numa nota de imprensa enviada às redações. De recordar que, no dia do anúncio da passagem desta unidade para a Misericórdia de Santo Tirso, o provedor da instituição, José Santos Pinto, disse estar aguardar que o Governo avance com uma “negociação”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile