CIN - Branco Perfeito

Tragédia grega chega aos teatros portuenses este mês

Tragédia grega chega aos teatros portuenses este mês

Entre 27 de janeiro e 25 de fevereiro, Finisterra, a “mostra de espetáculos internacionais inspirados na tragédia grega” sobe aos palcos do Teatro Nacional São João (TNSJ) e Teatro Carlos Alberto. O evento acontece em simultâneo em dez teatros nacionais de Espanha, França, Luxemburgo, Roménia, República Checa, Eslováquia, Bulgária, Eslovénia, Sérvia e Grécia.

Iphigénie, Decalogue of Anxiety, Prometheus ’22, Focs/Vatre e Iokasté são as cinco peças que nasceram desta parceria europeia. “Tomando como mote a matriz clássica da tragédia, as coproduções procuram refletir sobre a experiência da catástrofe, questionando o impacto da pandemia ou o recrudescimento dos nacionalismos no continente europeu”, lê-se no comunicado oficial enviado à VIVA!.

Nos dias 27 e 28 de janeiro, no TNSJ, Iphigénie estreia Finisterra. Um espetáculo em francês, com encenação de Anne Théron e texto de Tiago Rodrigues, com a participação dos atores portugueses Carolina Amaral e João Cravo Cardoso “nos papéis de Ifigénia e Aquiles”.

Decalogue of Anxiety é, por sua vez, uma obra em língua portuguesa, inglesa, alemã, francesa, castelhana, grega e búlgara. Descrita como “uma esquizofrenia idiomática protagonizada por dez jovens atores e atrizes, entre os quais o português Daniel Pinto”, surge no Teatro Carlos Alberto, nos dias 3 e 4 de fevereiro.

De volta ao TNSJ, a 10 e 11 de fevereiro, segue-se Prometheus ’22. A peça em esloveno, romeno, húngaro e inglês, “é uma homenagem ao dramaturgo Samuel Beckett”. Já nos dias 17 e 18 de fevereiro, é a vez de subir ao palco Focs/Vatre, nas línguas sérvia e catalã.

Iokasté, a “coprodução checo-eslovaca, falada em ambas as línguas”, encerra, por fim, este evento internacional. A encenação pode ser vista no Teatro Carlos Alberto, nos dias 24 e 25 de fevereiro.

Todos os espetáculos são legendados em português e acontecem à sexta-feira, pelas 21h00, e ao sábado, pelas 19h00. O preço dos bilhetes varia consoante a peça e o local, no entanto, “os espectadores que pretendam assistir aos cinco espetáculos do Finisterra podem adquirir uma assinatura por 30 euros”.

A programação completa, assim como os detalhes sobre as obras, podem ser vistos aqui.

Foto: Jean Louis Fernandez

PUB
www.pingodoce.pt/receitas/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=etaobomcomerassim&utm_campaign=institucional