PUB
Recheio 2024 Institucional

Trabalho conjunto para requalificar Circunvalação

Trabalho conjunto para requalificar Circunvalação

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, revelou estar “já a trabalhar” com a autarquia de Matosinhos relativamente à requalificação da Estrada da Circunvalação, nomeadamente para “consensualizar” posições e evitar “intervenções desgarradas”.

“Estamos já a trabalhar nisso, no âmbito da Frente Atlântica, nomeadamente na procura de uma consensualização no sentido de não se fazer intervenções desgarradas e vendo o que ambos os municípios querem em conjunto”, afirmou o autarca. A Câmara do Porto aprovou, por unanimidade, uma recomendação da CDU para definir um projeto e candidatar fundos comunitários à requalificação da Estrada da Circunvalação, mas Rui Moreira revelou existirem dificuldades em angariar apoios no próximo Quadro Comunitário de Apoio (QCA).
“No QCA, a não ser que Bruxelas faça uma proposta a Portugal, não encontro lá nada [para candidatar a requalificação da Circunvalação]”, reconheceu, em declarações aos jornalistas.
Para o vereador Pedro Carvalho, da CDU, “não existindo verbas diretas” no QCA, “vão ter de se encontrar verbas parcelares”.
Rui Moreira alertou ainda que a “candidatura anterior” da requalificação da Circunvalação colocou problemas porque “o projeto não era consensual”. Acresce que “naturalmente, não se aproveita tudo” do traçado que foi desenhado na altura, porque entretanto os municípios, nomeadamente o de Matosinhos, fez algumas intervenções nas margens.
Moreira admitiu ainda haver interesse em alargar a discussão a Maia e Gondomar, outros dos concelhos abrangidos pela estrada.
O autarca apontou a criação de corredores verdes e de uma ciclovia como exemplos de possível cooperação com a Câmara de Matosinhos, acrescentando a possibilidade de alteração da localização da postura de táxis daquele concelho durante a Queima das Fitas. Moreira frisou ainda que a autarquia vizinha nunca colocou problemas relativamente ao Queimódromo, reconhecendo que “o ruído da Queima das Fitas tem estado sempre presente nas preocupações de Matosinhos”.
A proposta agora aprovada pelo executivo recomenda à autarquia que o projeto de requalificação da Circunvalação envolva a Estradas de Portugal e os municípios do Porto, Matosinhos, Maia e Gondomar e que o projeto seja submetido a uma candidatura ao QCA, ciclo 2014/20. A CDU considera, na sua proposta, que “a requalificação prevista da Estrada da Circunvalação ficou adiada, muito devido a desentendimentos existentes entre os vários municípios” e aponta mesmo a verba de “cerca de sete milhões de euros de fundos comunitários” como uma oportunidade perdida em candidaturas a ciclos de fundos anteriores.

PUBLICIDADE

PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce