RECHEIO 50 ANOS

Trabalhadores da RTP defendem acesso gratuito de canais de serviço público

Trabalhadores da RTP defendem acesso gratuito de canais de serviço público

Os funcionários reagiam, assim, em comunicado, a uma notícia avançada esta semana pelo jornal Correio da Manhã, segundo a qual o ministro da tutela, Miguel Relvas, afirmava que “o Governo está a trabalhar com afinco para que o canal Parlamento”, distribuído por cabo e, por isso, pago, possa integrar a oferta [gratuita] da Televisão Digital Terrestre (TDT). De acordo com o ministro dos Assuntos Parlamentares, a Autoridade Nacional das Comunicações (ANACOM) “já deu o seu aval à inclusão deste canal na TDT”, sendo que “a PT vai disponibilizar, de forma gratuita, a frequência em que será emitido”.
A Comissão de Trabalhadores acredita que, além do canal Parlamento, existem outros pagos, como a RTP Memória e a RTP Informação, que também se inserem nos “canais de serviço público”, pelo que deveriam “ser gratuitamente acessíveis ao público através da TDT”.

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca-takeaway/encomendas/menu-seleccao-do-chef/menu-dia-dos-namorados-3/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=diadosnamorados&utm_campaign=menudochef