Philips

Trabalhadores da RTP defendem acesso gratuito de canais de serviço público

Trabalhadores da RTP defendem acesso gratuito de canais de serviço público

Os funcionários reagiam, assim, em comunicado, a uma notícia avançada esta semana pelo jornal Correio da Manhã, segundo a qual o ministro da tutela, Miguel Relvas, afirmava que “o Governo está a trabalhar com afinco para que o canal Parlamento”, distribuído por cabo e, por isso, pago, possa integrar a oferta [gratuita] da Televisão Digital Terrestre (TDT). De acordo com o ministro dos Assuntos Parlamentares, a Autoridade Nacional das Comunicações (ANACOM) “já deu o seu aval à inclusão deste canal na TDT”, sendo que “a PT vai disponibilizar, de forma gratuita, a frequência em que será emitido”.
A Comissão de Trabalhadores acredita que, além do canal Parlamento, existem outros pagos, como a RTP Memória e a RTP Informação, que também se inserem nos “canais de serviço público”, pelo que deveriam “ser gratuitamente acessíveis ao público através da TDT”.

PUB
vinhoemcasa.com/pt-PT