PUB
PD- Revista Sabe bem

TNSJ celebra Dia Mundial do Teatro

TNSJ celebra Dia Mundial do Teatro

Para comemorar o Dia Mundial do Teatro, que se assinala a 27 de março, o Teatro Nacional São João (TNSJ) apresenta, no seu palco virtual, uma série de atividades para públicos de todas as idades, com destaque para duas produções próprias: “À Espera de Godot” e “O Balcão”.

As celebrações do Dia Mundial do Teatro arrancam às 9h, com a emblemática Oficina de Páscoa no Teatro, que procura dar asas à imaginação dos mais novos, aliando o seu poder criativo ao mundo e às emoções. Com orientação de Marta Freitas, a oficina destina-se a participantes entre os 10 aos 13 anos de idade e decorre até dia 1 de abril. A inscrição é obrigatória e tem um custo de 40 euros.

Segue-se um dos mais recentes projetos do TNSJ. “Todos os que Falam” é composto por uma série de entrevistas com quem conhece, pensa e faz teatro. No sábado, o entrevistado será Frank Castorf, que em dezembro levou ao palco do TNSJ a leitura cruzada de Racine e Artaud em “Bajazet, considerando o Teatro e a Peste”. A entrevista com o histórico diretor do teatro Volksbühne, em Berlim, pode ser acompanhada às 12h, no Facebook e Instagram do TNSJ.

O público ficará ainda a conhecer o terceiro volume dos “Cadernos do Centenário”, através da publicação do ebook “Teatro Visual: 100 Anos de Objetos Gráficos”, de Francisco Laranjo.

Durante a tarde, o São João propõe o acompanhamento do lançamento de uma das suas criações: “Bambolina! – Um Glossário Intempestivo de Teatro”. “O projeto tem como objetivo apresentar um dicionário performativo – constituído por termos técnicos, conceitos, jargão ou história(s) do teatro – através das explicações e representações na primeira pessoa de quem vive por dentro esta arte”, explica a instituição portuense. Os primeiros verbetes de “Bambolina!” podem ser vistos na RTP2, a partir das 14h55.

O programa contempla ainda a apresentação “E se Gil Vicente passasse na Netflix?”, onde o Clube de Teatro Sub-18 põe o sentido das palavras de Vicente a medir forças com o audiovisual.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A celebração reserva ainda a transmissão de duas produções próprias da instituição que marcaram o ano do centenário do seu edifício-sede: “À Espera de Godot” e “O Balcão”.

Depois de se ter estreado numa apresentação única, em live streaming, no dia que assinalou o fim das celebrações do centenário do São João, o espetáculo “À Espera de Godot” regressa ao palco virtual da Casa. Com encenação de Gábor Tompa e interpretação do elenco “quase” residente do São João, a peça convida o espectador a testemunhar os jogos de sobrevivência de dois duetos e um (falso) solo, enquanto esperam pela vida e alimentam a esperança de salvação. “À Espera de Godot” estará disponível para visualização a partir das 21h desta sexta-feira, 26 de março.

Também neste dia, vai ser possível assistir ao espetáculo “O Balcão”, encenado por Nuno Cardoso, diretor artístico da instituição. A obra mais “ambígua” e “terrível” do dramaturgo francês Jean Genet leva o seu jogo de espelhos ao palco digital da Casa, dando a conhecer alguns dos clientes de um bordel de luxo, como o Bispo, o Juiz ou o Chefe da Polícia. Nesta peça marcada pela sedução e pelo erotismo, ouvem-se ainda os ecos de uma revolução em curso.

Os dois espetáculos ficam disponíveis on demand – em tnsj.bol.pt – até 4 de abril. Os bilhetes para as peças têm o valor de 2 euros e permitem a visualização do espetáculo até três dias após a sua aquisição.

Programa online
9h-13h: Oficinas Páscoa no Teatro
12h: Entrevista com o encenador Frank Castorf
14h55-24h: RTP2 – Doze verbetes de Bambolina!
17h: E se Gil Vicente passasse na Netflix? – Clube de Teatro Sub-18
À Espera de Godot, de Samuel Beckett, enc. Gábor Tompa
O Balcão, de Jean Genet, enc. Nuno Cardoso
Publicação do ebook Teatro Visual, de Francisco Laranjo

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem