PUB
CMPorto

Teste da Mulher permite deteção precoce de cancro do colo do útero

O Teste da Mulher é mais rápido do que o tradicional exame de Papanicolau na deteção da presença do papilomavírus humano (HPV), responsável pela doença oncológica com a terceira maior taxa de incidência nas mulheres portuguesas. Além disso, é capaz de identificar 12 tipos de doenças. De acordo com o diretor executivo da Infogene, Rui Costa, o novo método, composto por um kit de auto-colheita e por um teste de deteção precoce do HPV, é inovador por ser “um teste muito específico, capaz de identificar os 12 tipos de HPV de alto risco responsáveis pela infeção persistente que causa o cancro do colo do útero e de, em caso de resultado negativo, garantir à mulher um período de tranquilidade três vezes mais dilatado do que o método convencional”.
O kit tem um dispositivo em forma de varinha para a colheita, um tubo de transporte, um envelope pré-pago para envio da amostra, um folheto de instruções e um formulário de requisição. A colheita é colocada no tubo de transporte e este é enviado para o laboratório.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile