PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce

Testamento vital com 135 registos em menos de um mês

Testamento vital com 135 registos em menos de um mês

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
O Registo Nacional do Testamento Vital, que tem a validade de cinco anos, está em vigor desde o dia 1 de julho.

Mais de 130 pessoas expressaram, em menos de um mês, os tratamentos que pretendem ou não receber em caso de doença, através do Registo Nacional do Testamento Vital (RENTEV), em vigor desde o dia 1 de julho. Dos 135 registos efetuados desde que o RENTEV ficou disponível, 75 já estão ativos, sendo que os restantes estão, neste momento, a aguardar os vários passos do processo de validação.
Com uma validade de cinco anos, o testamento vital poder ser efetuado através do preenchimento de um formulário próprio que está disponível nos sites das administrações regionais de saúde, no Portal do Utente e no Portal da Saúde. Esta ferramenta permitirá ao cidadão manifestar “antecipadamente a sua vontade consciente, livre e esclarecida, no que concerne aos cuidados de saúde que deseja receber, ou não deseja receber, no caso de, por qualquer razão, se encontrar incapaz de expressar a sua vontade pessoal e autonomamente”. As indicações expressas no RENTEV podem produzir efeitos no caso de ser diagnosticada uma doença incurável em fase terminal, quando não existirem expetativas de recuperação na avaliação clínica ou em caso de inconsciência por doença neurológica ou psiquiátrica irreversível, complicada por problemas respiratórios, renais ou cardíacos.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz