PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota: “Hoje é um dia muito feliz para a cidade”

Super Bock Arena - Pavilhão Rosa Mota:

Uma bancada retrátil, com capacidade para 5500 pessoas sentadas, mas que, se for recolhida, faz crescer a lotação para 8 mil. Duas tribunas, localizadas nos pisos 1 e 3, 23 camarotes, um elevador para pessoas com mobilidade reduzida e oito camarins e balneários para os artistas, no backstage. Está apresentado o Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota, cuja cerimónia de inauguração decorreu na tarde desta segunda-feira.

Com esta renovação, a cidade do Porto passa a dispor de um equipamento capaz de receber todo o tipo de eventos, desde espetáculos culturais, desportivos a empresariais.

Na sua intervenção, o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, realçou tratar-se de um “dia muito feliz para a cidade”.

Filipe Azevedo, do consórcio Círculo de Cristal, , representante pela Lucios, destacou ser este “um exemplo de sucesso” de uma PPP – parceria público privada.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

“É uma enorme honra e orgulho devolver este emblemático equipamento à cidade, que estava esquecido, menosprezado e abandonado e poder torná-lo uma referência no âmbito cultural desportivo e empresarial”, resumiu.

Jorge Silva, pela PEV Entertainment, disse esperar que “todas as forças vivas” acolham o espaço recuperado, “que terá de evoluir ao ritmo da cidade e assumir-se como sala de visitas do Porto moderno”, destacando que os portuenses têm agora uma sala de espetáculos apetrechada com as melhores tecnologias.

Manuel Violas, presidente do Conselho de Administração do Super Bock Group, afirmou que o Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota “significa um novo marco na ligação à cidade, onde nos movemos desde sempre e temos um papel muito ativo”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem