Santander Escolhas 1

Sugestões 7 Dias

Sugestões 7 Dias

A VIVA tem para si “uma mão cheia” de novas sugestões. Apesar dos próximos dias serem chuvosos não faltam bons motivos para aproveitar o seu tempo livre. Entre concertos, exposições ou a estreia de novos filmes, o difícil vai ser escolher…

Entre os dias 7 e 20 de novembro a 23ª edição da Festa do Cinema Francês vai passar pelo Porto. O evento propõe levar às salas da cidade Invicta um vasto leque de emoções e temas de reflexão. Comédias, dramas, thrillers, romances ou, ainda, filmes particularmente dirigidos ao público jovem, num total de 21 películas divididas por três salas diferentes.

CONCERTOS

THEMANUS
Partindo de uma instrumentação que, a priori, é peculiar – bateria, guitarra e saxofone – mas que não é assim tão incomum, o trio explora ideias composicionais que vão desde a música escrita à totalmente improvisada e é neste processo preliminar que o arrojo composicional e instrumental se expandem: a bateria aumenta o número de tarolas, pratos e acessórios; a guitarra o número de pedais, o saxofone é agora colega de estante de sintetizadores analógicos e de um EWI.
Local: Espaço Porta-Jazz
Data: 5 de novembro
Horário: 19h

The Greatest Queen Symphonic
Celebração dos 15 anos da Orquestra Nacional de jovens + 25 anos de carreira do Maestro Cristiano Silva. A grande homenagem sinfónica ao grupo Queen com 300 músicos em palco (Orquestra, Coros, Banda e cantores convidados). Após 4 concertos esgotados (Arouca, Casa da Música, CAE Figueira da Foz e Festival Vale de Lobo – Algarve) o grande concerto chega à Super Bock Arena.
Local: Super Bock Arena
Data: 5 de novembro
Horário: 22h

Jazz à mesa: Afonso Silva Ewi e João Alves
Dois jovens músicos da cena artística portuense juntam-se, nesta viagem a duo, para explorar a improvisação como ponte entre o acústico e o eletrônico.
Através das inclinações de ambos para a criação de música conceptual, Afonso e João visam criar uma paisagem sonora que sirva de ligação entre a Terra, onde se encontram, e o Cosmos, onde pretendem chegar.
Local: Maus Hábitos
Data: 8 de novembro
Horário: 20h

EXPOSIÇÕES

Arqui(vi)vo
Coreógrafo, performer e pensador português, João Fiadeiro (1965, Paris) é uma figura seminal do movimento da Nova Dança em Portugal e reconhecidamente um dos mais singulares artistas e investigadores das artes performativas contemporâneas.
Visão de conjunto do percurso multifacetado de João Fiadeiro, Arqui(vi)vo incorpora documentação fílmica e fotográfica, publicações, ensaios e notas de trabalho que permitirão aos públicos, pela primeira vez, contextualizar e revisitar em perspetiva a programação de um dos espaços mais icónicos da cena performativa portuguesa e a produção artística deste autor, referência da Performance e da Dança Contemporânea.
Local: Serralves
Data: até 6 de novembro

Jorge Pinheiro: Obras na Coleção de Serralves
“Jorge Pinheiro: Obras na Coleção de Serralves” oferece uma perspetiva sobre a evolução formal e conceptual da obra de um dos artistas mais influentes do contexto artístico português da segunda metade de século XX e membro do célebre grupo “Os 4 vintes”.
A exposição apresenta a sua obra tridimensional de maiores dimensões, uma importante instalação dos anos 1970 e um conjunto de pinturas e trabalhos sobre papel que evidenciam as investigações do artista em torno de formulações geométricas e combinações cromáticas reveladoras do seu interesse pelas áreas da música, da matemática e da semiótica.
Local: Espaço Corpus Christi
Data: até15 de janeiro

Metamorfoses
Cindy Sherman: Metamorfoses apresenta uma série de obras que atravessam a carreira da artista desde o seu início até às obras mais recentes. A exposição foi organizada em diálogo com a artista e em parceria com o The Broad Art Foundation, Los Angeles, uma instituição que coleciona exaustivamente o trabalho de Sherman há mais de trinta anos.
Local: Serralves
Data: até 16 de abril de 2023

ESPETÁCULOS

Indizível
O Indizível é uma performance interdisciplinar e ativista, que aborda a cultura de violência normalizada em torno das experiências queer e o seu impacto nas noções de memória, identidade e comunidade, de pessoas LGBTQ+.
Esta performance examina o conceito de agressor dentro do desaparecimento sistémico (simbólico e físico) de pessoas queer, e a forma em que agressores são protegidos e encorajados dentro de sociedades onde rege a heteronormatividade.
Quem são estes “agressores”?
O que os identifica como tal?
Quem os fabrica?
Quem os protege?
Seremos todes, de alguma forma, agentes do patriarcado e da violência de género e, por conseguinte, potenciais agressores?
Como se desconstrói e combate o internalizado, o hábito, o sistémico?
“O indizível” responderá a estas questões, numa performance que coaduna teatro, dança, música e sonoplastia, com a intenção de dar voz ao silenciado, à opressão, ao desaparecimento, ao indizível.
Local: Mala Voadora
Data: 5 de novembro
Horário: 20h

Voz
Um espetáculo entre o concerto e o teatro físico. É esta a proposta de Catarina Lacerda, diretora artística do Teatro do Frio e encenadora do espetáculo Voz, que se apresenta pela primeira vez ao público no dia 3 de novembro, no Teatro Carlos Alberto. Nesta experiência sonora, visual e imersiva, Catarina Lacerda reúne em palco o Teatro do Frio e as Sopa de Pedra, um grupo de investigação musical formado no Porto, em 2012, e composto por dez mulheres com uma visão muito própria do cancioneiro popular português.
Voz é uma dramaturgia original que relaciona o canto polifónico e a spoken word. A partir da imaterialidade da voz, o espetáculo procura criar um lugar de tensão lúdica entre o visível e o invisível, o audível e o inaudível, o dizível e o indizível, o risível e o grotesco. O texto propõe uma metamorfose de narrativas, que vão da comédia de enganos ao absurdo, da coralidade da tragédia grega à pop e à tradição oral.
Local: Teatro Carlos Alberto
Data: até 6 de novembro
Horário: quinta e sábado, às 19h, sexta, às 21h, e domingo, às 16h

MAIS NOVOS

Dominguinhos
A manhã logo com um atelier de educação ambiental. Sabias que ter plantas em casa, além de dar muito mais vida aos ambientes, transmite relaxamento, alegria e limpam o ar? Só que é preciso dedicar-lhes alguma atenção. Afinal, uma planta é um ser vivo como tu ou o teu animal de estimação. Precisa de água, de sol e há até quem fale com elas. Sabemos que és capaz de ainda ser um pouco pequeno para cuidares sozinho de outro ser vivo. Mas há uma planta que não requer muitos cuidados. Neste atelier, vamos reutilizar um pequeno frasco e nele colocar pedrinhas no fundo para enfeitar e depois enche-lo com terra. No fim, plantaremos uma bonita suculenta de que tu serás o legítimo proprietário.
Local: Mar Shopping
Data: 6 de novembro
Hora: entre as 11h e as 12h30

OUTROS EVENTOS

Dia Mundial do Cuidador Informal – Gaia a Cuidar-te
O Dia Mundial do Cuidador Informal celebra-se a 5 de novembro e este ano, pela primeira vez, o Município de Gaia pretende proporcionar aos cuidadores do concelho um dia diferente. A data será, assim, assinalada com um dia repleto de atividades para cuidar das pessoas que cuidam, com o objetivo primordial de reconhecer, dignificar e apoiar o papel do Cuidador. Recorde-se que o Município de Gaia assumiu, em 2021, a implementação do Programa de Apoio ao Cuidador, tornando-se o primeiro caso de política pública nesta área em todo o país.
Local: Escola Secundária António Sérgio
Data: 5 de novembro
Hora: entre as 9h30 e as 16h

Encontros com a História
Num mesmo dia juntam-se dois mundos. Por um lado, vamos promover detalhes únicos da nossa História e Património. Por outro lado, queremos proporcionar um dia em família aos munícipes de Gaia (e não só), com diversas atividades para todo o tipo de público. Jogos de tabuleiro, teatro, workshops, exposições, momentos musicais e de dança e atividades pedagógicas são os ingredientes desta grande festa, mas o ingrediente chave é o público.
Entrada livre para a toda a família, mas limitada à lotação do recinto.
Local: Parque da Lavandeira
Data: 5 de novembro
Hora: entre as 10h e as 17h

Festival de Teatro Amador de Vila Nova de Gaia
O X Festeatro prossegue no próximo fim de semana, com a particpação d’Os Plebeus Avintenses (Retalhos de uma Diva), Associação Recreativa Entre Parentes (A Ratoeira) e TEAGUS – Teatro Amador de Gulpilhares (O Quarto dos Brinquedos). 4 de novembro às 21h30 – Retalhos de uma Diva; 5 de novembro às 21h30 – A Ratoeira; 6 de novembro às 16h30 – O Quarto dos Brinquedos.
Local: Auditório Municipal de Gaia
Data: até 25 de novembro

FILMES

Alma Viva
Título Original: Alma Viva
De: Cristèle Alves Meira
Com: Lua Michel, Ana Padrão, Jacqueline Corado
Género: Drama
Classificação: M14
Outros dados: 88 minutos
Como todos os anos no Verão, a pequena Salomé regressa à aldeia natal da sua família, nas montanhas de Trás-os-Montes, para passar as férias. É um tempo de festa e de descontração, mas de repente a sua adorada avó, morre. Enquanto os adultos se disputam por causa do funeral, Salomé é assombrada pelo espírito daquela que na aldeia era vista como uma bruxa, a sua avó.

Fomos Feitos Um para o Outro
Título Original: On Est Fait Pour S’ Entendre
De: Pascal Elbé
Com: Sandrine Kiberlain, Pascal Elbé, Valérie Donzelli
Género: Drama
Classificação: M12
Outros dados: 93 minutos
Antoine, na casa dos cinquenta anos, descobre que está a perder muita audição. Sem assumir a sua deficiência, este professor de história resignou-se a viver na sua bolha, mesmo que isso signifique causar mal-entendidos entre os que o cercam. O seu encontro com Claire, uma viúva e mãe de uma menina muda, vai levá-lo a abrir-se para o mundo.

O Assassino Perfeito
Título Original: The Enforcer
De: Richard Hughes
Com: Antonio Banderas, Kate Bosworth, Mojean Aria
Género: Ação
Classificação: M16
Outros dados: 90 minutos
Escrito por W. Peter Iliff e realizado por Richard Hughes, este “thriller” de acção segue o percurso de Cuda (Antonio Banderas), um assassino profissional implacável mas com um código de honra muito próprio. A história começa quando ele decide resgatar Billie, uma rapariga de 15 anos, das mãos do perigoso gangue para quem trabalha. No elenco, para além de Banderas, encontramos também Mojean Aria, Zolee Griggs, Alexis Ren e Kate Bosworth.

One Piece Film: Red
Título Original: One Piece Film: Red
De: Gorô Taniguchi
Com: AmaLee, Daniel Baugh, Luci Christian
Género: Animação
Classificação: Pendente
Outros dados: 115 minutos
Esta história passa-se na ilha da música, Elegia. Milhares de espectadores juntam-se para um grande concerto, e os Piratas Chapéus de Palha estão lá… A mais adorada ídolo do mundo vai aparecer à frente dos seus fãs pela primeira vez. O Luffy vê a ídolo a responder ao público e, do nada, ele vai para cima do palco.” Não me digas… És o Luffy?!” “Há quanto tempo!” Eles conheciam-se! Mas a felicidade de se reunir com a sua velha amiga é efémera. Ela sorri de forma estranha quando alguém vem interromper o seu espetáculo. “Não interfiram no meu concerto. Vou criar uma nova era! Vou fazer as pessoas felizes com a minha música!” Enquanto a sua voz chega àqueles que sofreram devido à Era dos Piratas, o mundo é enredado na sua loucura. É uma história emocionante com incríveis momentos musicais, ação espetacular e o drama à volta de Luffy, a ídolo e Shanks, o Ruivo. A batalha pela “liberdade” vai começar…

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sinta-o-natal-com-a-sabe-bem/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=sabebem70&utm_campaign=sabebemfazbem