PUB
CMPorto

Sugestões 7 dias

Sugestões 7 dias

O mês de agosto e as férias estão a chegar ao fim, mas há ainda muito para descobrir e aproveitar no Grande Porto, nos próximos dias. A VIVA!, como de costume, reuniu algumas das melhores sugestões…

Aproveite o seu tempo livre para pôr «as leituras em dia» e, para isso, nada melhor do que ir até à Feira do Livro do Porto, escolher a próxima obra para ler. Os Jardins do Palácio de Cristal recebem de 26 de agosto até 11 de setembro, o certame literário, que vai contar com a participação de 84 entidades, distribuídas por 126 pavilhões.

O programa desta edição terá também várias atividades de acesso livre e gratuito, sem restrições de lotação, desde sessões de Conversas, Lições, Oficinas, Concertos, Cinema, Exposição, Rádio e Palavra Soprada.

CONCERTOS

Rute Rita
Natural do Porto, Rute Rita é uma das vozes mais estimulantes que surgiram nos últimos anos no mundo do fado. Lançou em 2018 o seu álbum de estreia e integrou o elenco de uma das mais famosas casas de fados do país, o restaurante Casa da Mariquinhas. Actualmente apresenta-se em espectáculos por todo país e no estrangeiro, passando pelo casas de fado típicas de Porto e de Lisboa. Traz à Casa da Música a sua perspectiva singular do fado tradicional, homenageando aqueles com quem aprendeu — Beatriz da Conceição, Fernanda Maria, Amália Rodrigues, Maria da Fé —, perpetuando o legado por eles deixado.
Local: Casa da Música
Data: 26 de agosto
Hora: 18h00

Ivo Lucas
Ivo Lucas dispensa apresentações, sobretudo depois da participação como ator em “Amor, Amor” da SIC, ou participações musicais como no tema “Senhora de Si”, com Carolina Deslandes, ou “Onde Vais”, com Bárbara Bandeira e Carminho, ainda recentemente premiado como “canção do ano” nos Prémios Play. Em 2016, lançou o seu primeiro single “Não me Olhes Assim”, que contou com a participação de Kasha, dos D.A.M.A., e, em 2017, lançou “Amor Desleixado”, que conta com mais de 2 milhões de visualizações no YouTube. Além de ator e músico, Ivo Lucas é reconhecido pelo seu trabalho de produtor para outros artistas.
Local: Mar Shopping
Data: 26 de agosto
Hora: 21h00

Francisco Moreira
Apesar da tenra idade, Francisco Moreira é já uma das mais destacadas novas vozes do fado. Tem tocado em grandes salas do país como o Coliseu do Porto, o CCB, a Casa da Música ou o Campo Pequeno, participando também em programas televisivos, no Festival Caixa Alfama (2013 e 2014) e no Festival Caixa Ribeira (2015 e 2016). Foi finalista do The Voice Portugal 2018. Editou em 2020 o disco Todos os Fados São Meus, o seu lançamento mais recente. Ao longo do mês de Agosto apresenta na Sala 2 vários dos seus temas originais e composições de nomes muito importantes na história do fado, como Martinho de Assunção, Alfredo Marceneiro, Artur Ribeiro, entre outros.
Local: Casa da Música
Data: 27 de agosto
Hora: 18h00

Cremilda Medina
Cremilda Medina, levará à cidade do Porto no dia 27 de agosto as sonoridades da Morna e da Coladeira, ritmos tradicionais de Cabo Verde que tanto têm encantado o mundo.
Por onde tem passado, Cremilda Medina tem deixado a sua marca através da sua voz doce e emotiva, que encanta a quem ouve. Com um trato simples e humilde, Cremilda tem conquistado o seu público, não só pela forma como interpreta as suas músicas, mas também pela sua postura e entrega em palco, com concertos intimistas, onde apresenta sempre um repertório com um grande respeito pela música tradicional e popular do seu país.
Local: Jardim da Cordoaria
Data: 27 de agosto
Hora: 18h30

Ao sábado damos-lhe música
“Ao sábado damos-lhe música”, é o projeto de espetáculos de música gratuitos, no qual o centro comercial dá palco a artistas da comunidade local de forma a promover o seu trabalho junto dos seus visitantes.
David Xavier irá proporcionar mais uma noite de Fados entre temas de Coimbra e de Lisboa. Este é um jovem artista que se iniciou no Fado no programa “Uma Canção para Ti”, no qual foi finalista e, desde aí, tem cantado em casas de fado por todo o país, sendo residente numa casa de Fados no Porto.
Local: MaiaShopping
Data: 27 de agosto
Hora: 20h00

Natiruts
A lendária banda brasileira de reggae Natiruts regressa à Europa em 2022.
Fundada em 1996, a banda lançou nove álbuns, três DVD’s e percorreu o mundo encabeçando festivais de música e atuando pela América do Sul, Espanha, França, Alemanha, Portugal, Cabo Verde, Austrália e Nova Zelândia. A 28 de maio de 2021 os Natiruts celebraram o seu 25º aniversário com o lançamento do álbum “Good Vibration – Vol 1”.
Com mais de um bilião de visualizações nos seus vídeos e duas nomeações para Grammys Latinos, a banda lançará em 2022 Vol.2 de “Good Vibration” e um documentário com toda a trajetória latina do grupo. Depois de, em 2018, terem esgotado os coliseus de Lisboa e Porto, regressam ao nosso país para apresentar o novo álbum, sem nunca esquecer os êxitos bem conhecidos do público, como “Sorri, Sou Rei”, “Quero Ser Feliz Também” ou “Liberdade Pra Dentro da Cabeça”.
Local: Super Bock Arena
Data: 27 de agosto
Hora: 21h30

Vazio e o Octaedro
Após ter sido apresentado em estreia no 11º Festival Porta-Jazz, este noneto, resultado de uma residência coordenada e liderada pela dupla Gianni Narduzzi e Josué Santos, dão assim vida a este “Vazio e o Octaedro” sob a forma de mais um disco Carimbo Porta-Jazz com lançamento nesta Feira do Livro.
Local: Jardins do Palácio de Cristal
Data: 27 de agosto
Hora: 21h30

Ana Pinhal
Considerada uma das vozes do fado em ascensão, Ana Pinhal fundou com Francisco Almeida (guitarra flamenca) o projecto que cruza o fado e o flamenco, Fado Violado, e com o qual lançou o disco A Jangada de Pedra (2015). Integrou a banda BoiteZuleika, foi fadista residente na Casa da Mariquinhas e na Taberna Real Fado (Porto) e actualmente faz parte do grupo Fado In Porto, nas Caves Calém (Vila Nova de Gaia). Apresentou-se em Portugal, Espanha, França, Holanda, Roménia, Bulgária, Hungria e Índia. Na Sala 2, faz-se acompanhar por André Teixeira (viola de fado) e João Martins (guitarra portuguesa) para percorrer grandes poetas — como António Botto, José Régio, Ary dos Santos e muitos outros — que viram as suas criações transformadas em canções.
Local: Casa da Música
Data: 28 de agosto
Hora: 18h00

Cauê Nardi
Cantautor e instrumentista oriundo de Nova Iguaçu (Rio de Janeiro), Cauê Nardi iniciou os seus estudos musicais na viragem do milénio, tendo a partir daí construído uma carreira que o levou a integrar projectos distintos (Suricato, BeBossa, Eskimo, AnPassant, entre outros), a reboque de uma curiosidade artística sem preconceitos, e actuar em festivais e palcos importantes de todo o mundo. Há três anos e meio mudou-se para Portugal e, hoje, embora se apresente em nome próprio e a solo, num registo indie folk de voz e violão, alimenta o repertório com temas que fizeram parte dessa trajectória artística, ao lado de canções suas e releituras de obras de músicos que admira.
Local: Casa da Música
Data: 1 de setembro
Hora: 22h00

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

EXPOSIÇÕES

Eu Desconfiava
Esta exposição surge na sequência dos ateliês de pintura integrados na atividade “Um Mundo de Tons” desenvolvido no Espaço t e junto de entidades parceiras, como o Centro de Reabilitação da Granja – Instituto da Segurança Social I.P., Centro de Reabilitação Condessa de Lobão – Instituto da Segurança Social I.P. e APPACDM da Trofa, AAPACDM do Porto, Agrupamento de Escolas Infante D. Henrique – Escola EB2,3 Gomes Teixeira, onde pessoas com deficiência e/ou incapacidade, realizaram com o apoio de profissionais das artes, trabalhos, a propósito do tema da Igualdade de Género, agora expostos nesta exposição.
A exposição “Eu Desconfiava”, uma exposição sobre Igualdade de Género, tem como objetivo principal, sensibilizar as pessoas com deficiência e incapacidade, e o público em geral, para as questões da igualdade de género.
Local: Estação Metro do Aliados
Data: 26 de agosto
Hora: 17h00

Tarek Atoui
Tarek Atoui (Beirute, Líbano, 1980), artista e compositor eletroacústico, trabalha em composições de grande escala que resultam de uma investigação antropológica, etnológica, musicológica e técnica. As suas exposições cruzam instalação, performance e ensinamentos em processos que se afastam da noção convencional de performance — tanto do ponto de vista do performer como do público — e que sugerem formas visuais, auditivas, táteis e somáticas de experienciar o som.
Esta primeira exposição em Portugal é parte do projeto I/E, em curso desde 2015, no qual Atoui regista os sons de cidades portuárias — Atenas, Abu Dhabi, Singapura, Beirute ou o Porto -, gravando as atividades industriais, humanas e ecológicas dos seus portos. Trabalhando em parceria com Eric La Casa, artista e especialista em gravação de som, escutam os sons abaixo da superfície do mar ou dentro de materiais como metal, pedra e madeira.
Local: Serralves
Data: até 28 de agosto

Mouzinho: da Ribeira ao Aeroporto
Em Junho de 1872, o director Geral da Secretaria da Câmara Municipal do Porto, Luís Antonio Nogueira apresentou à Câmara a “Planta do Projecto da rua da Biquinha parallela à rua das Flores a qual a Ex.ma Camara pretende mandar abrir para ligar o Largo da Feira de S. Bento com a Rua de S. João”. Seria a Rua Mouzinho da Silveira. O novo eixo uniria o Porto ribeirinho e a distinta praça do Infante à praça D. Pedro IV, terminando onde viria a ser a estação de S. Bento, de onde partiria a ligação ao tabuleiro superior da ponte Luiz I (1887), seguindo para sul, para a estrada de Oliveira de Azeméis, para Lisboa.
Exposição com curadoria de Álvaro Domingos e Ivo Poças Martins.
Local: Casa do Infante
Data: até 11 de setembro

Leonilson – Drawn 1975-1993
Leonilson foi um dos grandes expoentes de um movimento da arte brasileira que ficou conhecido como Geração 80. Após o final da ditadura militar em meados dos anos 1980, este grupo de artistas celebrou a sua recém-adquirida liberdade com um estilo de pintura gestual, colorido e expressivo. Enquanto na mesma década a arte pop americana se apropriava dos símbolos de uma sociedade industrial, as obras da Geração 80 criticavam abertamente a sociedade. Nascido em 1957, Leonilson estudou arte em São Paulo entre 1978 e 1981. Para além de Eva Hesse e Blinky Palermo, dois artistas que conheceu pessoalmente durante as suas viagens pela Europa, a sua principal influência artística foi a transavanguardia italiana. Surgido em finais dos anos 1970, este movimento ficou marcado pelo regresso à figuração, à mitologia antiga e a um intenso uso da cor. Nesta mesma linha, as pinturas e desenhos de Leonilson deste período apresentam um subjetivismo eclético e uma linguagem visual emblemática.
Local: Serralves
Data: até 18 de setembro

OUTROS

Herr Krank, Nuno Vieira e DJ Division
Esta sexta, chega Herr Krank, DJ e produtor de Paris, um dos nomes a ter em conta no panorama de novos artistas de música electrónica francesa. Riffs jazzísticos, linhas de groove, ritmos percussivos e sons ácidos são a receita perfeita desta nova estrela em ascenção que já conta com mais 1 milhão de views no música “Acid jazz”, que faz parte do seu primeiro EP “So What”, nome que presta tributo a uma das suas maiores influências, John Coltrane. Uma estreia a não perder.
A abrir a pista da sala cubo, Nuno Vieira. O outro lado da mesma história. É assim que Nuno Vieira anuncia os seus primeiros passos, depois de vários anos a colecionar discos e a recolher ensinamentos. Decidido a enveredar pelos terrenos mais abstratos do house, agora mais do que nunca, coloca a sua fé na música, ambicionando ir com ela mais além e, quem sabe um dia, devolver tudo aquilo que já recebeu numa pista de dança. No palco, DJ Division em modo all night set.
Local: Plano B
Data: 26 de agosto
Hora: 22h00

David Moreira, Luísa e Smash by André Tentugal
Agosto fecha com a residência de HI-Fi de David Moreira que convida Luísa.
Para Luísa, partilhar boa música é um acto de altruísmo. E por isso, é muito agradecida a todos aqueles que lhe foram enchendo os ouvidos, afinando os graves e agudos da alma e remisturando o cérebro desde pequena. Aos 21 anos começou a retribuir e a aproveitar aquilo que o destino lhe reservava. Um hotel e música ambiente.
O primeiro passo estava dado e a partir daí, dentro do seu domínio que é o house com sonoridades que passam break beat, tech e techno, já passou pelo 5AClub, Lux Frágil, Ministerium Club, Harbour, Plano B, entre outros. Diz em tom de drama e fatalista, típico de artista e da pista, que não vive sem um bom jazz e música brasileira, mas a verdade é que não vive sem música.
Na sala Palco, vamos ter a Smash by André Tentugal, homem dos mil ofícios, realizador de videoclips, fotógrafo, compositor, guitarrista e vocalista. A juntar a todas estas qualidades há ainda o facto de ser o homem que deu vida ao projecto We Trust que chegou a ser considerado, pela crítica, como uma das mais proeminentes bandas nacionais do panorama atual.
Local: Plano B
Data: 27 de agosto
Hora: 22h00

FILMES

After – Depois da Promessa
Título Original: After Ever Happy
De: Castille Landon
Com: Josephine Langford, Hero Fiennes-Tiffin, Louise Lombard
Género: Drama, Romance
Classificação: M14
Outros dados: 95 minutos
O quarto filme da saga “After” começa onde o último filme terminou, com o casamento da mãe de Hardin em Londres. Enquanto Hardin fica para trás a conectar-se com o seu passado, Tessa volta para Seattle. Já em casa, sofre uma tragédia que a obriga a tomar decisões difíceis e que vai alterar a sua vida para sempre. Hardin quer muito ajudar Tessa, mas está tão preso a lutar contra os seus demónios que acaba por afastá-la. A descoberta sobre o seu pai acaba por abalar a sua fachada impenetrável, e Tessa não sabe se conseguirá salvá-lo sem se sacrificar… Tessa encontra apoio para estes momentos difíceis em amigos como Landon, e apercebe-se que para continuar em frente terá de lutar por si própria.

Tad o Explorador e a Tábua de Esmeralda
Título Original: Tad The Lost Explorer and The Emerald Tablet
De: Enrique Gato
Com: João Paulo Rodrigues, Mafalda Luís de Castro, Rui Oliveira
Género: Animação
Classificação: M6
Outros dados: 90 minutos
Tad adoraria ser reconhecido pelos colegas arqueólogos, mas acaba sempre por arranjar confusão! Tad volta a fazer das suas ao destruir inadvertidamente um raro sarcófago e libertar um feitiço que põe em perigo as vidas dos seus amigos. Salvar Múmia, Jeff e Belzoni dará início a uma grande aventura que irá levar Tad e Sara aos quatro cantos do mundo, para que consigam por fim à maldição da Tábua de Esmeralda.

Paradise Highway – Perseguidas
Título Original: Paradise Highway
De: Anna Gutto
Com: Morgan Freeman, Juliette Binoche, Frank Grillo
Género: Drama, Thriller
Classificação: M12
Outros dados: 115 minutos
Quando a vida do seu irmão é ameaçada, Sally, uma condutora de transporte de mercadorias, relutantemente concorda em fazer contrabando de cargas ilícitas: uma menina chamada Leila. Enquanto Sally e Leila começam uma viagem perigosa através das fronteiras entre estados, um obstinado agente do FBI sai em seu rasto, determinado a fazer o que for preciso para encerrar uma operação de tráfico humano – e trazer Sally e Leila, são e salvas.

PUBLICIDADE

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem