PUB
Recheio 2024 Institucional

STCP lamenta incumprimento dos serviços mínimos

STCP lamenta incumprimento dos serviços mínimos

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
A Sociedade de Transportes Coletivos do Porto lamentou hoje o incumprimento dos serviços mínimos decretados para a greve de 24 horas, adiantando que piquetes impediram esta manhã alguns autocarros e motoristas de trabalhar.

“Infelizmente [os serviços mínimos] não foram cumpridos, porque alguns piquetes de greve impediram a saída de alguns autocarros e de motoristas para trabalhar”, afirmou à Lusa fonte da empresa pública de transporte rodoviário de passageiros.
O dirigente do Sindicato dos Motoristas do Norte Jorge Costa disse esta manhã que a greve de 24 horas dos trabalhadores da STCP está a registar adesão total e que nem os serviços mínimos estão a ser cumpridos.
Os trabalhadores da STCP estão em greve desde as 00h00 de hoje em defesa do caráter público da empresa e pela contratação de mais motoristas.
O serviço poderá também ser afetado a partir de terça-feira “e até que a empresa proceda à admissão de novos motoristas”, porque foi convocada uma greve parcial às duas últimas horas de cada serviço diário, bem como às duas últimas e duas primeiras horas dos serviços com intervalo entre etapas.
Os trabalhadores da transportadora vão ainda efetuar uma paralisação aos fins de semana, a partir do dia 16 de maio.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile