PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Sporting de Braga na final da Taça da Liga

Sporting de Braga na final da Taça da Liga

Ainda que, em termos estatísticos, a equipa da casa tenha sido superior no tempo regulamentar (com 23 remates contra seis das “águias”), foi necessário recorrer aos pénaltis para se apurar para a final da Taça da Liga – única prova que o conjunto de José Peseiro ainda pode vencer esta temporada. Após remates falhados das duas equipas, a grande penalidade bem sucedida de Rúben Amorim colocou a decisão do lado de Quim: se o guarda-redes defendesse o próximo pénalti, o Braga saía vencedor da partida. O Benfica escolheu Gáitan para a marcação e o remate foi defendido pelo guardião do Braga, que garantiu, assim, um lugar na final da prova.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem