PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Solverde: “há sempre esperança” de abrir atividade no Porto

Solverde: “há sempre esperança” de abrir atividade no Porto

Para o responsável da empresa que detém o Casino de Espinho, a atividade poderia não implicar necessariamente algo “fisicamente igual” a um casino, recordando que está previsto que as máquinas possam sair das salas de jogo. “São situações de que ainda estamos a falar e a tentar encontrar soluções para que possa acontecer um dia”, salientou Manuel Violas, no ano em que a Solverde comemora 40 anos de atividade. Para o responsável, o “Norte foi preterido” na altura da abertura do Casino de Lisboa, defendendo que “uma coisa é ter um casino em Espinho, outra é ter no Porto. Uma coisa é ter um casino no Estoril e outra coisa é ter um prolongamento em Lisboa”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem