CIN - Branco Perfeito

Solução para a movida da Baixa em março

A sessão pública de ontem terminaria com a indignação dos populares perante a falta de respostas do vice-presidente da autarquia, levando o presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, a dizer “se não se cala, sai” a três munícipes.
Os moradores queriam respostas da autarquia, que há mais de um ano criou um grupo de trabalho para resolver o assunto, mas ficaram a saber que continua a alinhavar-se um plano de ação. O vereador da Fiscalização, António Sousa Lemos, notou que o ambiente, a limpeza, a fiscalização, o urbanismo e o trânsito são questões que “estão a ser pensadas para resolver o problema de forma articulada”. Carros estacionados onde calha, passeios com vidros, vómito e urina, aparelhos de limpeza que entram em funções às 06h00, depois de terminar o ruído da movida, bares que não cumprem horários e colocam a música tão alta que nem janelas de vidros duplos conseguem vedar – foram estas algumas das queixas apresentadas por alguns dos «vizinhos» da movida.
PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca/encomendas/menu-seleccao-do-chef/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=menuchef