PUB
Recheio 2024 Institucional

Sociedade de Nefrologia Pediátrica apela à criação de consultas de transição para doentes renais crónicos

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
“Pretendemos que haja, seja implementada e obrigatória, uma consulta de transição em que esteja o colega de adultos. Uma espécie de passagem de testemunho”, sublinhou Caldas Afonso.

A Sociedade Portuguesa de Nefrologia Pediátrica defendeu a implementação de consultas de transição, da infância para a idade adulta, de doentes renais crónicos nos estabelecimentos de saúde. Este foi um dos temas em análise na 47.ª Reunião Anual da Sociedade Europeia de Nefrologia Pediátrica, que decorreu entre quinta-feira e sábado, na cidade do Porto.
De acordo com o presidente da entidade portuguesa, Caldas Afonso, os médicos pediatras passam “cada vez mais doentes crónicos que antes morriam”, pelo que os especialistas em adultos “manifestam necessidade em ganhar experiência com estes jovens doentes quando os recebem”. “São doentes que nos acompanham ao longo de uma vida: uma criança que cresce e é um jovem, um adolescente, e é preciso continuar com rotinas, com tratamentos. O ambiente pediátrico é muito personalizado. O ambiente de adultos é muito impessoal”, descreveu. O responsável realçou também que as famílias das crianças passam por “uma relutância muito grande” no momento da passagem “para o colega de adultos”, defendendo que o processo seja discutido a nível nacional e internacional, de forma a ser “calmo e programado”. “Pretendemos que haja, seja implementada e obrigatória, uma consulta de transição em que esteja o colega de adultos. Uma espécie de passagem de testemunho”, vincou Caldas Afonso.
A temática foi abordada no âmbito de um encontro europeu de nefrologia pediátrica, que juntou cerca de oito centenas de especialistas da área, 90% dos quais estrangeiros e 30% de fora da Europa, na cidade do Porto.
De referir que o encontro juntou, pela primeira vez, três sociedades da área: a EWOPA (European Working Group on Psychosocial Aspects of Children with Chronic Renal Failure), ERA-EDTA (European Renal Association-European Dialysis and Transplant Association) e IPNA (International Pediatric Nephrology Association).

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem