Philips

Setor do turismo com pouca confiança em 2013

Setor do turismo com pouca confiança em 2013

A crise promete não dar tréguas ao turismo nacional, o que leva mais de metade dos especialistas inquiridos a afirmar que os resultados globais vão piorar em 2013. O índice de confiança médio situa-se mesmo no valor mais baixo desde maio de 2010, encontrando-se, atualmente, nos 55,9 pontos percentuais, numa escala de 0 a 100. A conjuntura económica e as medidas de austeridade condicionam os períodos de descanso e o orçamento dos turistas, pelo que 70 por cento dos inquiridos está convicto de que as receitas no setor vão sofrer uma quebra em 2013, face aos números alcançados no ano anterior. Um em cada quatro dos especialistas inquiridos – 24,7 por cento – prevê ainda a diminuição do número de hóspedes e 36 por cento admite uma regressão no número de dormidas.
Brasil, Rússia e China são, por esta ordem, os mercados emissores nos quais o turismo nacional deposita maiores esperanças de crescimento. A aposta deverá ainda manter-se em mercados como os EUA, a Alemanha e o Reino Unido. Por outro lado, regista-se o descrédito dos inquiridos no mercado interno, enquanto força capaz de estimular o setor, e nos mercados de Espanha e França, que mais devem penalizar o turismo nacional.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/ja-cheira-a-natal-na-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=201120-ta5&utm_campaign=sabebem58

Viva! no Instagram. Siga-nos.