PUB
Philips S9000

Serviço de Imuno-hemoterapia do IPO-Porto tem novas instalações

Serviço de Imuno-hemoterapia do IPO-Porto tem novas instalações

O Instituto Português de Oncologia do Porto inaugurou, esta quarta-feira, data em que se assinalou o Dia Nacional do Dador, um novo espaço, com cerca de 300 metros quadrados, no Serviço de Imuno-Hemoterapia. Com esta ampliação, pretende-se “acolher mais dadores e tornar a dádiva mais confortável”, afirmou o presidente do Instituto, Laranja Pontes, ao Diário de Notícias.

As instalações vão ter uma nova sala de colheita, que terá uma maior capacidade, bem como uma nova sala de espera, que permitirá receber mais dadores. Esta melhoria prende-se com a “estratégia de captação de mais dadores, cada vez mais jovens, e com a ideia de criação de um Banco de Sangue, no contexto de depósito solidário e com futuro”, sublinhou.

De acordo com o responsável, em 2018, o IPO-Porto registou 9257 dádivas, das quais 1121 foram componentes plaquetários por aférese. No mesmo ano, recebeu 1759 dadores, o que traduz um aumento de 12% face ao ano anterior.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Estas dádivas permitiram que pela primeira vez “o IPO tenha sido autossuficiente em concentrado de eritrócitos”, referiu Laranja Pontes.

A recolha no IPO-Porto decorre de segunda-feira a sexta-feira, entre as 08:30 e as 19:00, e ao sábado, das 08:30 ao 12:30.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile