PUB
Recheio 2024 Institucional

Serralves recebe nova etapa do “Sabor do Cinema”

Serralves recebe nova etapa do “Sabor do Cinema”

De acordo com Regina Guimarães, que faz parte da associação Filhos de Lumière, a intenção “é não passar aquilo que as pessoas já conhecem, se forem ver os filmes que passam normalmente no circuito comercial”, mas sim outras formas de ”relacionar o cinema com a literatura”.
O ciclo arranca, assim, no próximo domingo com o filme “Sophia de Mello Breyner Andresen”, de João César Monteiro, uma curta-metragem portuguesa de 1969, e com o “La Belle Journée”, filme francês de 2010, que será exibido na presença da sua realizadora, Ginette La Vigne. Dias depois, a 17 de fevereiro, exibe-se “Romance de Vila do Conde”, de 1959, e “O Poeta Louco, o Vitral e a Santa Morta” de 2008, ambos de Manoel de Oliveira, bem como “Sayat Nova”, de Sergei Paradjanov, obra de 1968 produzida na antiga União Soviética. O terceiro momento da mostra está agendado para 3 de março, com duas produções francesas: “Aurelia Steiner/Melbourne”, um filme de Marguerite Duras, de 1979, e “Quei Loro Encontri”, filme de Straub/Huillet, de 2006. Pouco depois, a 17 do mesmo mês, Serralves exibe “A Imitação”, um filme de Saguenail, de 2003, e “Notas para uma Oresteia Africana”, uma produção italiana de 1970, de Pier Paolo Pasolini. Na sessão de 7 de abril, a produção portuguesa estará de volta com “O meu caso”, filme de 1986 de Manoel de Oliveira, e “Filme”, de Samuel Beckett, uma produção americana de 1965. “O Sabor do Cinema” termina a 21 de abril, com “A Ilha dos Amores”, de 1982, numa homenagem a Paulo Rocha.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem