Prémio de Literatura Infantil - PD

Serralves é um dos jardins mais bonitos de Portugal

Serralves é um dos jardins mais bonitos de Portugal

São procurados durante o ano inteiro, mas é, particularmente, no início da primavera que ganham especial relevo. Os jardins são um dos locais eleitos pelos portugueses para desfrutarem de um “bom momento”, seja na companhia da família e amigos ou, simplesmente, sozinhos, ao som da Natureza.

E em Portugal, além de uma gastronomia ímpar e uma riqueza cultural imensa, é muito fácil encontrar cenários verdadeiramente arrebatadores, onde se incluem, naturalmente, os parques e jardins. De Norte a Sul do país, há-os para todos os gostos e de todas as formas, e, garantidamente, surpreendem pela sua beleza icónica e diversidade…

Os Jardins do Palácio de Cristal, no Porto, a Mata do Bom Jesus, em Braga, o Jardim do Palácio Vila Flor, em Guimarães, a mítica Quinta das Lágrimas, em Coimbra, e mais a sul, o Jardim do Palácio da Pena, em Sintra, e o Jardim Botânico Tropical, em Lisboa, são alguns dos exemplos mais emblemáticos. Mas, no que respeita aos espaços verdes portugueses, há um que se destaca entre todos os outros: o Parque de Serralves.

Situado no coração da cidade do Porto, na Rua Dom João de Castro, o Parque de Serralves está entre os 250 jardins mais incríveis do mundo, de acordo com o livro “The Gardener’s Garden”, da editora britânica Phaidon. Este espaço estende-se, a partir da Casa de Serralves, por um percurso de 18 hectares, que inclui jardins, bosques, um roseiral e um lago romântico.

Projetado pelo arquiteto francês Jacques Gréber, nos anos 30 do século XX, o Parque de Serralves já foi palco de inúmeros encontros e desencontros. Por lá, já passaram ilustres personalidades portuguesas e mundiais, que tiveram a oportunidade de testemunhar o melhor da criação paisagística do século passado, a beleza icónica de um lugar, que, segundo dizem, não se encontra noutra parte do mundo.

“Uma visita ao Parque, em qualquer um dos seus circuitos com diferentes percursos e durações, é uma oportunidade privilegiada para estar em contacto com a natureza e apreciar a grande diversidade de um património arbóreo e arbustivo composto por sensivelmente 200 espécies e variedade de plantas autóctones e exóticas ornamentais”, lê-se na página oficial da Fundação.

As paisagens são fascinantes a cada passo, mas o Parque de Serralves, classificado como Monumento Nacional desde 2012, não se fica apenas pela grandiosidade do seu jardim. Em Serralves, é possível visitar o Museu de Arte Contemporânea a Casa de Serralves, um exemplar único da arquitetura Art Déco, e ainda passear pelo Treetop Walk, num percurso elevado ao nível da copa das árvores, que inaugurou em 2019.

Além do Parque de Serralves, o “The Gardener’s Garden” reúne ainda, nas suas páginas, mais quatro pérolas portuguesas, nomeadamente a Quinta da Regaleira, em Sintra, o Jardim do Palácio dos Marqueses da Fronteira, em Lisboa, o Parque Terra Nostra, nos Açores e, por último, a Quinta do Palheiro, na Madeira.

Aproveite o tempo primaveril que se aproxima e visite Serralves, uma das maiores riquezas do património português.

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=pli