PUB
Junta da Galiza

São João disponível para acolher doentes ucranianos

São João disponível para acolher doentes ucranianos

O Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ) confirmou, recentemente, a sua disponibilidade para receber doentes ucranianos, oriundos do conflito entre a Rússia e Ucrânia, que espoletou na madrugada de 24 para 25 de fevereiro e dura há já oito dias.

A ajuda da unidade hospitalar portuense materializa-se através da disponibilidade de um total de 138 camas, de várias especialidades, nomeadamente Pediatria e Queimados, às quais se juntam também as camas gerais e de Cuidados Intensivos.

De acordo com informação avançada por Nelson Pereira, diretor da Unidade Autónoma de Gestão de Urgência e Medicina Intensiva, há também uma equipa de profissionais de outras especialidades, como ortopedia, Cirurgia Plástica, Medicina Física de Reabilitação e Oncologia, a postos para ajudar.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

“O hospital tem capacidade interna para ser plástico o suficiente sem pôr em causa o atendimento dos nossos doentes que são a nossa primeira prioridade, mas que ponho em pé de igualdade, por solidariedade e empatia, com o povo ucraniano que está em grande sofrimento”, adiantou o clínico, sublinhando que o São João está a “tentar dar a resposta o mais plástica possível com todas as valências para as necessidades deste contexto”.

Em entrevista à Agência Lusa, Nelson Pereira destacou também a urgência do apoio, através de equipas de Proteção Civil e Emergência Médica, a países que fazem fronteira com a Ucrânia.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz