PUB
Recheio 2024 Profissional

Santo Tirso volta a ser a capital nacional do presépio

Santo Tirso volta a ser a capital nacional do presépio

Apesar de reconhecer que é difícil organizar uma exposição deste género, “onde existem peças únicas”, Delfim Manuel, artesão e membro da referida confraria, considera que “o esforço vale a pena e a experiência é cada vez mais enriquecedora”. De acordo com o presidente da câmara municipal, Castro Fernandes, o evento “ajuda a consagrar o presépio como um dos mais importantes costumes natalícios” e permite um riquíssimo “intercâmbio de culturas e artes artesanais de todo o Mundo em Santo Tirso”. Depois de, em anos anteriores, a exposição ter destacado presépios portugueses (2006), espanhóis (2007), franceses (2008), africanos (2009), da América latina (2010) e da Europa (2011), este ano, a mostra abrange cerca de 800 ícones natalícios do Oriente e Norte de Portugal elaborados e/ou colecionados por ilustres artesãos.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem