PUB
PD-Bairro Feliz

Santander e Câmaras de Comércio Portuguesas no Mundo unem-se por uma economia melhor

Santander e Câmaras de Comércio Portuguesas no Mundo unem-se por uma economia melhor

O Santander assinou um protocolo com a Rede de Câmaras de Comércio Portuguesas no Mundo (RCCPM), que irá permitir apoiar as atividades e eventos desenvolvidos pelas Câmaras que fazem parte desta comunidade, contribuindo assim para a dinamização da economia portuguesa.

O protocolo em questão contou com a celebração dos representantes das duas entidades referidas. Do lado do Santander, o administrador executivo Amílcar Lourenço. Do lado da RCCPM, o presidente da comissão executiva Carlos Vinhas Pereira.

Recorde-se que a Rede de Câmaras de Comércio Portuguesas no Mundo (RCCPM) é a maior rede diáspora fora do país. Esta engloba 64 Câmaras do Comércio que têm sido fundamentais a vários níveis.

O que mais se destaca tem a ver com o apoio à internacionalização das empresas nacionais. Para além disso, também é feita a captação de investimento estrangeiro em empresas portuguesas.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Nesse sentido, o objetivo do Santander passa por ajudar as pessoas e as empresas a prosperar, investindo e criando condições que possam contribuir para o desenvolvimento da economia e do país. 

Por intermédio das Câmaras, o Santander pretende promover a internacionalização das empresas de Portugal em vários pontos do globo. Assim, o banco assume o seu compromisso com uma economia mais forte.

A primeira iniciativa ao abrigo do protocolo aconteceu nos dias 6 e 7 de junho, na 1ª edição do Encontro Anual da RCCPM, com o Santander a ser o banco exclusivo do evento.

Fotografia: Momento Corporativo

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz