PD - Revista Sabe Bem 64

Salários baixam em termos absolutos pela primeira vez nos últimos 14 anos

Salários baixam em termos absolutos pela primeira vez nos últimos 14 anos

Em declarações à Lusa, o responsável pela área de estudos de mercado da Mercer Portugal, Tiago Borges, explicou que, “devido ao ciclo de ajustamento económico que atravessamos, verifica-se um número excecionalmente elevado de empresas (26 por cento da amostra analisada) a congelarem os incrementos salariais como medida de redução do peso da massa salarial na estrutura de custos. Por outro lado, e devido ao efeito de novas entradas de colaboradores a níveis salariais mais baixos, verifica-se uma ocorrência rara: uma diminuição em termos absolutos dos níveis salariais agregados de muitas funções e níveis funcionais”.
De acordo com Tiago Borges, esta é “a primeira vez que existe uma redução absoluta dos salários nominais” no país, apesar de, “desde pelo menos 2008”, se verificar uma diminuição dos salários reais.
O estudo da Mercer aponta para uma redução real dos salários “em praticamente todos os grupos funcionais”, apesar de as funções com menores níveis de qualificação terem sofrido a maior quebra. No caso dos diretores-gerais e dos administradores, a redução salarial foi de 0,37 por cento, enquanto nos cargos administrativos e nos operários a redução atingiu os 1,27 e os 1,18 por cento, respetivamente.

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/take-away/encomendas/menu-seleccao-do-chef/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=181021-menu&utm_campaign=menuchef

Viva! no Instagram. Siga-nos.