PUB
Recheio 2024 Institucional

Sábado há ópera divertida no Coliseu do Porto

Sábado há ópera divertida no Coliseu do Porto

Numa produção da Associação de Amigos do Coliseu do Porto (AACP), em colaboração com a Orquestra do Norte (ON), trata-se de um espetáculo duplo que começa pelas 21h30 com “O crepúsculo do crítico” de Miguel Faria, sob encenação de Enrique Oliveira para um libreto de Pompeu Duriense e a direção musical de José Ferreira Lobo. Aí se conta a história de um crítico narcisista que, fruto de um acidente caricato, sofre um ataque de amnésia que o leva à despromoção profissional. Curiosamente, é a partir dessa nova condição que recupera a alegria de viver. Em estreia na cidade do Porto, esta obra de Miguel Faria servirá também de introdução para o espetáculo principal da noite, com a assinatura do compositor italiano Giacomo Puccini. “Gianni Schicchi”, que ficou celebrizada através de uma das árias mais populares do repertório operático (“O mio babbino caro…”) pela voz de Maria Callas e, mais tarde, de Monserrat Caballé, tem a ver com a falsificação de um testamento por Gianni Schicchi, na Florença de 1299. A história envolve a família de Dante Alighieri, o autor da Divina Comédia, o qual incluiu Schicchi no grupo de inimigos que colocou no “inferno”, tendo Puccini pretendido com esta sua única ópera cómica provar que, afinal de contas, Gianni Schicchi não merecia tal destino. Estreada na Metropolitan Opera House de Nova Iorque, em 14 de dezembro de 1918, “Gianni Schicchi segue o libreto de Giovacchino Forzano sob encenação de Eleonora Paterniti e, igualmente, com direção musical de José Ferreira Lobo. Esta noite de ópera representa, por isso, “um momento raro de boa disposição e demonstra os múltiplos prazeres que o espetáculo operático nos permite fruir, tanto pela representação como pela música, pelo canto e pelo riso”, refere o presidente da AACP, José António Barros que salienta o “particular esforço da principal sala de espetáculos do norte para manter uma produção regular nesta área artística” que disponibilize aos diferentes públicos “a maior diversidade e qualidade possível na oferta cultural”.Com desconto de 20% exclusivo para os associados da AACP e amigos da ON e de 10% para estudantes, maiores de 65 anos ou famílias, os bilhetes variam entre os 10 e os 30 euros.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem