PUB
PD - Revista Sabe Bem 73

Rui Moreira pede intervenção “contra problema da droga”

Rui Moreira pede intervenção “contra problema da droga”

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, quer que o Estado assuma “as suas responsabilidades”, relativamente ao problema da droga “em determinados bairros da cidade”, estando revoltado “com quem diz que está bem uma lei que permite que, à porta das escolas, estejam pessoas a ‘chutar para a veia’ à vista das crianças”.

“Ninguém me vai conseguir convencer que esta lei está perfeita”, reitera. O autarca pede uma solução “uma vez que foi rejeitada a proposta do Porto para que volte a ser criminalizado o consumo de estupefacientes na via pública”, segundo a notícia avançada pelo Porto.

“O ministro da Administração Interna disse que isto é um problema social. Então, que resolva isto com o Ministério da Segurança Social. Se a Segurança Social achar que é um problema de saúde, que resolvam isto com o Ministério da Saúde”, acrescenta.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

De acordo com a mesma publicação, o autarca sublinha ainda que “a população está, neste momento, assustada, irritada, preocupada, zangada”. Nesse sentido, as associações de moradores afetados pelo consumo e tráfico de droga nos bairros onde residem foram recebidas pelo mesmo, na Câmara Municipal, a fim de dar conhecimento da insegurança sentida, numa reunião que decorreu no início deste mês, com a presidente da União de Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos, Sofia Maia, e António Leitão da Silva, comandante da Polícia Municipal.

Foto: Miguel Nogueira

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=pli&utm_term=leaderboardmobile