PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce

Rui Moreira é o novo presidente da Câmara do Porto

Rui Moreira é o novo presidente da Câmara do Porto

“Pela primeira vez, o partido que venceu na cidade foi o Porto”, declarou Rui Moreira, que será o primeiro independente a governar a cidade.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Rui Moreira venceu, este domingo, as eleições autárquicas, transformando-se no primeiro independente a liderar os destinos do Porto. “Pela primeira vez, o partido que venceu na cidade foi o Porto”, começou por afirmar, no seu discurso de vitória, acrescentando que, mais uma vez, a Invicta “mostra do que é feita”, revelando que “não se deixa influenciar por promessas”.

“Este foi um sinal claro do Porto, os partidos têm de ser diferentes. O Porto é diferente, nós somos diferentes”, afirmou o recém-eleito, perante a euforia dos apoiantes. “Ganhámos e vamos cumprir o nosso programa, introduzir novos protagonistas na cidade e na vida política. Votaram em nós para rompermos com o passado”, sublinhou, assegurando que a sua candidatura dará “o exemplo a Portugal”.
O candidato do PSD/PPM/MPT, Luís Filipe Menezes, por sua vez, assumiu uma “derrota pessoal” e pediu união em torno do vencedor. “Eu não estou habituado a perder, é a primeira vez que perco”, declarou, na sede da sua candidatura, reiterando que esta derrota é “exclusivamente” sua e não do PSD. O socialista Manuel Pizarro admitiu a sua tristeza face aos resultados obtidos, mas garantiu que vai ficar na autarquia como vereador da oposição. Para além disso, saudou Rui Moreira e, “em especial”, o povo do Porto, por ter dado “um enorme não ao populismo mais miserável e ao centralismo mais hipócrita”. “Acho que merecíamos outro resultado, mas quem decide é o povo e, apesar de tudo, o povo decidiu recusar o que era pior e mais grave para a cidade. Decidiu recusar um Porto de joelhos perante o Governo de Lisboa”, referiu, na sua sede de candidatura, na Avenida dos Aliados.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem