PUB
Recheio 2024 Institucional

Rio lamenta “permanente violação do segredo de justiça”

Rio lamenta
“A justiça não é um show” nem deve ser usada “para concorrer em audiências de TV”, realçou Rui Rio.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O ex-presidente da autarquia portuense, Rui Rio, condenou esta quarta-feira a “permanente violação do segredo de justiça” em casos como o da recente detenção de José Sócrates. “Não posso aceitar esta permanente violação do segredo de justiça”, defendeu o social-democrata, considerando “inadmissível” que se tenha chamado “a comunicação social para assistir a uma detenção”.
Segundo frisou, “a justiça não é um show” nem deve ser usada “para concorrer em audiências de TV”. “O que conseguimos (…) é a humilhação do próprio sistema judicial”, sublinhou, apelando a uma reforma da justiça assente em três pontos essenciais: mais transparência e menor opacidade do que se passa dentro do sistema, melhor gestão e maior produtividade e defesa do princípio de separação de poderes.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile