Philips

Rio da Vila irá passar por cima e por baixo das estações de metro de São Bento

Rio da Vila irá passar por cima e por baixo das estações de metro de São Bento

O projeto da Linha Rosa da Metro do Porto prevê que um «braço» do rio da Vila corra por cima e por baixo da ligação entre a atual e a futura estação de São Bento, fazendo um «S» invertido.

O rio da Vila, curso subterrâneo de águas pluviais no Porto que correu à superfície no sábado, é alimentado por vários “braços”, uns vindos da zona da Avenida dos Aliados (cujo novo túnel de desvio já está a ser construído), e outros das ruas de Sá da Bandeira, 31 de Janeiro e da Madeira, existindo também um curso de águas pluviais proveniente da Rua do Loureiro.

É nesta confluência que se estão a desenvolver os trabalhos da construção da nova estação de metro de São Bento, no âmbito da empreitada da Linha Rosa. A nova estação de São Bento vai ligar à atual (da Linha Amarela, D) através de um túnel pedonal com inclinação de 5%, segundo os documentos do projeto de execução de outubro de 2019, consultados pela Lusa.

Os desenhos e o Relatório de Conformidade Ambiental do Projeto de Execução (RECAPE), de fevereiro de 2020, mantêm o desenho das condutas bem como as passagens pluviais, consultou também a agência de noticias.

A memória descritiva e justificativa do projeto esclarece que na passagem entre as duas estações de metro “há uma interferência com o traçado de desvio da galeria do rio da Vila, que cruza, por baixo, a galeria pedonal”, e outra interferência “com o traçado de uma outra galeria pluvial proveniente da Rua do Loureiro, que por essa razão é parcialmente integrada na sua cobertura”.

A opção tomada “permite simultaneamente o cruzamento da galeria do rio da Vila sob o acesso (um pouco acima do nível do cais da estação) e a inserção do troço da galeria proveniente da Rua do Loureiro sobre a cobertura do acesso”, indica o documento.

Será ainda necessário integrar a galeria pluvial vinda da Rua do Loureiro “na laje de cobertura daquela estação [de metro atual], reduzindo localmente a sua espessura – que passa de 1.0m para cerca de 0.4m”, é explicado.

Segundo os desenhos do projeto, a galeria do rio da Vila vinda de Sá da Bandeira irá rumo à entrada da estação de comboios de São Bento junto à Rua da Madeira, fazendo aí uma curva de cerca de 90 graus em direção à Praça Almeida Garrett, onde passará por debaixo da passagem pedonal, efetuando nova viragem de cerca de 90 graus em direção à conduta atual da Rua Mouzinho da Silveira, completando assim um «S» invertido.

Foto: Filipa Brito

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca-takeaway/encomendas/menu-seleccao-do-chef/menu-dia-dos-namorados-3/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=diadosnamorados&utm_campaign=menudochef