Natal PD

Requalificação do Cinema Batalha e da Escola Alexandre Herculano

Requalificação do Cinema Batalha e da Escola Alexandre Herculano

As obras de requalificação do Cinema Batalha e da Escola Alexandre Herculano estão adjudicadas há meses, mas um formalismo solicitado pelo Tribunal de Contas (TdC) obrigou a que o processo tivesse de regressar a votação do executivo municipal, revelou, na segunda-feira, a Câmara Municipal do Porto, anunciando que foi votada autorização prévia da assunção dos compromissos plurianuais para o Cinema Batalha, no valor 3,95 milhões de euros, e para o Liceu Alexandre Herculano, orçada em 9,8 milhões de euros.

Na nota publicada no seu portal de notícias, a autarquia explica que o Cinema Batalha será reabilitado com um projeto que prevê a criação de novas salas. “A conhecida Sala Bebé dará lugar a uma sala polivalente com bar e outras valências sociais. Em substituição, será construída uma sala-estúdio na parte posterior do segundo balcão, com capacidade para cerca de 150 pessoas. A plateia deverá manter os 346 lugares e a tribuna contará com 222”.

Para além dos “trabalhos profundos ao nível da estrutura, da reabilitação das superfícies (pavimentos, paredes e tetos), das coberturas e elementos funcionais e da construção e instalação de novos equipamentos, acessos e redes, soma-se ainda a criação de uma segunda sala de projeção e o aproveitamento do terraço do edifício”.

No que respeita às obras na escola secundária Alexandre Herculano, Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, indicou que “o valor simbólico e patrimonial só por si justificaria a intervenção da Câmara no Liceu”.

De acordo com o autarca, o projeto “foi bem reconfigurado”, considerando, também, “uma mais-valia a construção de um pavilhão gimnodesportivo, que ficará ao serviço da população”.

PUB
www.youtube.com/watch?v=sGBN85XLjXI/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=natal